Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


Hey Phynos! Hoje tem mais um Na Cozinha com o Chá com receitinha simples e gostosa, wee!

Quem vive na correria o dia todo sabe o quão difícil é manter uma alimentação saudável. Estou vivendo o desafio de reeducar minha alimentação e trocar o delicioso Oreo (Oreo te amo, não vou te abandonar para sempre) do lanche por uma barrinha de cereal gostosa, o que é bem difícil de encontrar. Nas várias buscas pela internet por alternativas vi uma receita de barrinha de cereal no Blog Garota Esfomeada e resolvi testar. Não é que deu certo? Tão certo que resolvi compartilhar com vocês. Nessa receita eu usei:

  • 200 g de granola;
  • 100 g de castanha de caju torrada;
  • 100 g de amêndoas laminadas;
  • 50 g de castanha do Pará;
  • 50 g de morango desidratado;
  • 10 g de semente de chia;
  • Mel.

barra de cereal O primeiro passo é quebrar os grãos maiores de forma grosseira, mesmo. Em seguida, é só misturar tudo até que forme uma liga. Quanto mais mel colocar mais doce fica, então fica a seu critério a quantidade de mel. Forre um forma com papel manteiga para facilitar na hora de tirar a barrinha. Despeje a mistura e amasse bem até que a superfície fique lisinha. Leve ao forno pré-aquecido por certa de 20 minutos. Depois que esfriar, tire da forma e corte no formato que quiser. Ela vai ficar um pouco molinha mesmo, mas depois endurece na geladeira.

Muito fácil não é, mesmo? Ficou super saborosa e tem um custo benefício incrível. Gastei R$25 e rendeu 15 barrinhas o que faz com que cada uma tenha custado R$1,90. Tem alguma outra receita de barrinha? Deixa aqui nos comentários que vamos adorar testar.

Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram
novas assinaturas-03





Hambúrguer, o ícone do fast food. Do McDonnalds. Do Burguer King. Do Bobs.

Hambúrguer, o vilão da alimentação saudável e o horror dos vegetarianos, correto? Nooooooooooooooooope!

Amamos hambúrguer<3

Como eu sempre falo pros meus amigos: alimentação saudável não é viver a base de alface, não, galera! (também tem couve, manjericão, rúcula :P). Tudo se adapta, pra tudo se dá um jeito, né mesmo?

A receita de hoje é leve, saudável e uma opção pra quem adora um hambúrguer (eu eu eu!), mas não quer ou não pode comer carne ou só quer experimentar sabores novos, ué!
Vamos aos ingredientes:

Proteína de soja
Ovo
Azeite
Farinha de arroz
Temperos de sua preferência
Plástico Filme (Insulfilme)

HS_post2

Deixe a proteína de soja hidratar. Coloque numa vasilha com água e deixe descansar (utilizei umas 200g nessa receita). Muita gente deixa na geladeira (imersa em água) hidratando de um dia pro outro. Eu, como sempre esqueço, normalmente deixo mais ou menos uma hora, ou um pouco mais. É o tempo que eu faço outras coisas na cozinha.HS_post1

Após deixar hidratando, tire todo o excesso de água com o escorredor. Após isso vá pegando com a mão um pouco, esprema pra retirar ainda mais o excesso de água e transfira para um outro recipiente seco, aos poucos.
Dica: se você tiver em casa um pano de prato fininho, pode colocar a proteína de soja nele e espremer pra sair o líquido em excesso também! Como meus panos de prato são grossos, faço manualmente mesmo, rs.

Obs: Pra quem não curte proteína de soja e come carne bovina, dá pra adaptar essa receita com carne moída. Bem mais gostoso e mais saudável que o hambúrguer de caixinha de mercado.

Outra dica que eu dou é: coloque numa vasilha mesmo, tipo uma pequena bacia. Eu (como vcs podem ver nas fotos) tive a brilhante ideia de fazer em um prato e fiz maior estrago na pia da cozinha! Tinha soja pra tudo que é lado, rs. Por favor, não cometam esse erro haha.

Após isso, quebre um ovo inteiro em cima da soja e misture. Usei só um ovo por causa da pouca quantidade de soja, mas se você usar mais carne/soja pode colocar mais um ovo.
Após isso coloque as 2 col de sopa de farinha de arroz (ou outra farinha de sua preferência! Usei essa pq é a que tinha em casa e é sem glúten), misture e coloque um fio de azeite e os temperos que desejar. Eu nunca coloco sal nessa receita, mas podem colocar sal a gosto também. Temperei com ervas phynas e alecrim.
HS_post3

Misture e observe a consistência pra ver se terá que colocar um pouco mais de farinha ou não. A consistência ideal é quando você pegar e apertar só um pouco e formar um bolinho inteiro (como na foto).

Forre uma superfície limpa (eu usei a tábua da cozinha) com plástico insulfilme. Aí é só pegar uma forma hambúrguer (aceito de presente, fikdik), ou uma de cookies que seja aproximadamente do tamanho de um hambúrguer  pra modelar a massa. Euzinha, não tenho essa forma e: improvisei, hehe. Usei a tampa de uma vasilhinha que uso pra colocar comida. Achei ela com tamanho ideal!
Seja qual for sua forma, vá preenchendo-a com a massa feita, e desenforme no plástico insulfilme uma por uma, até o término da massa.
HS_post4
Ou você pode desenformar direto na frigideira ou na grelha também, caso queira comer na hora. Eu normalmente faço no plástico filme e já embrulho e coloco direto no freezer. De lá é só tirar e jogar na frigideira com um fio de azeite (ou outro óleo vegetal) congelado mesmo!
Essa receita que eu fiz rendeu 4 hambúrgueres. Eu não tinha em casa pão bola tipo hambúrguer, me perdoem hehe mas tinha pão de forma integral (de granola e açaí, meu favorito!).
HS_post_resultado
Cada vez faço uma combinação diferente porque adoro experimentar novas coisas, nesse sanduba/hamburguer da foto fiz com tomates chapeados com azeite e ervas phynas (<3) e queijo parmesão. Fiquei devendo o alface porque não tinha, hahaha. Ficou uma delíiicia, agarantchô! 😛

Tenta fazer aí  a sua versão e conta pra gente nas redes sociais como foi!  Se postar no Instagram é só usar a #chadasphynas

Beijos e inté mais!

novas assinaturas-04





Às vezes no silencio da noite, eu fico imaginando… panquecas!!
Sim, sou uma apaixonada por panquecas e inclusive acho que a receita dessa massa simples e flexível foi enviada por deuses do Olimpo para nos fazerem feliz, haha!

Lendas grego-caboclas à parte, que tal uma receita super fácil, deliciosa e saudável pra testar nesse final de semana, hein?

Hoje teremos: panqueca de banana com aveia, que é uma receita que eu sempre faço. É uma delícia, rica em fibras e de baixa caloria (minha dieta agradece!).

Então vamos aos ingredientes:

* 1 colher (sopa) de farinha de trigo
* 2 colheres (sopa) de aveia em flocos (finos)
* 1 ovo (ou duas claras)
* 2 bananas picadas (ou 1, dependendo do tamanho da banana)
*1 colher de açúcar (pode ser mascavo) – ou adoçante pras phynas versão light

Itens opcionais:
* 1 colher de linhaça
* Uma pitada de canela

materiais panqueca

Preparo:

Misture e bata todos os ingredientes no liquidificador até que a massa fique homogênea (mais ou menos 3 min.).
Esquente uma frigideira anti-aderente untada e coloque uma porção suficiente para fazer um disco que cubra boa parte da área da frigideira escolhida.

foto 3

Dica: Pra fritar (untar a frigideira) eu uso um fio de azeite extra-virgem, algumas pessoas usam óleo ou até mesmo manteiga (depende do que tiver em casa, né, gente, rss); mas dependendo da frigideira não é necessário utilizar nenhum tipo de óleo ou spray (preciso de uma mega power dessa, aceito doações!).

Coloquei a linhaça como opção, porque vai muito do paladar de cada um, mas ela quase não influencia no gosto.

Ah, você ainda pode colocar uma pequena porçãozinha de leite ou água (bem pouquinho mesmo) para a massa ficar mais leve e fininha, mas é super opcional (eu quase nunca coloco).

Eu costumo comer logo depois que eu faço quando tá quentinha, mesmo, hummmm!
Daí aproveito e corto outra banana (afinal #somostodosmacacos) em rodelas e faço de recheio da panqueca, fecho e coloco mel por cima, fica mui bom, he he he!

foto 4

O rendimento dessa receita são duas panquecas, mas isso depende do tamanho da frigideira utilizada e quanto de massa você colocar pra fritar por vez – bastante massa vai resultar numa panqueca mais grossinha e pode render só uma porção, mas se colocar menos massa ela ficará mais fininha e provavelmente renderá duas panquecas deliciosas 😛

Tentem fazer em casa e nos contem como ficou! Ah, se resolver postar não esquece a hastag #chadasphynas, hein!

Cruji, cruji, tchau! :*