Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


dicas-2 category image
3 de agosto de 2016

Várias garotas já me procuraram para fazer perguntas sobre ficar ruiva. Mas um tipo de questionamento em especial me deixa incomodada: o fato de algumas pensarem que NÃO PODEM ser ruivas por não serem “branquinhas”. É muito chato você gostar de uma coisa e ter que ouvir ou pensar que “isso não combina com você”, né?

Resolvi pesquisar referências de mulheres morenas e negras com cabelo ruivo e aí eu entendi tudo. QUASE NÃO EXISTEM imagens delas por aí. Você tem que procurar muito! Como essas pessoas vão se sentir representadas se quando pesquisam um tom X de ruivo só encontram mulheres caucasianas usando eles?! Não rola aquela identificação tipo “essa garota tem meu tom de pele, se nela esse ruivo ficou legal então vou testar ele!”. E isso é uma droga! Cadê a representatividade?!

ruivo pra todas

Rihanna Rainha | Paloma Bernardi | Nathalie Emmanuel (a Missandei de GoT)

Garimpei foto de famosas – não caucasianas – que já ficaram ruivas e resolvi apelar ao grupo fechado de facebook Amor Acobreado comentando meu incomodo e pedindo que as meninas negras, morenas, amarelas, verdes ou de qualquer outra cor fora brancas se manifestassem deixando fotos suas nos comentários, me autorizando a usar essas fotos como referência em um post.

A chuva de comentários foi maior do que eu esperava e a coisa MAIS BACANA foi ver, entre uma foto e outra, algumas garotas agradecendo porque agora teriam referências pra se espelhar, a troca de elogios, dicas e nomes de tintas e o espaço criado pra que ruivas fora do padrão esteriotipado pudessem compartilhar sua ruivice dentro daquele grupo. Longe de mim achar que EU fiz um favor a elas, mas com certeza ELAS fizeram um favor enorme a VÁRIAS outras garotas que ao procurarem referência de cabelos ruivos poderá, a partir de agora, encontrar nesse post uma paleta com muito mais diversidade.

Ruivas Amor Acobreado-01
Aqui estão algumas das moças que resolveram abraçar a ruivice independente dos estigmas exclusivistas, amaram e toparam ilustrar esse post. Tive o cuidado de perguntar a numeração da tinta e o volume da ox (água oxigenada) usada por cada uma, mas algumas usaram misturas, outras henna (uma pigmentação natural) e houve as que não lembravam!

OBS: Simplesmente amo ruivas black power ou cacheadas! Foi difícil escolher quais usar aqui no post porque apareceram várias nos comentários. Olha que lindas! Cliquem na imagem pra ampliar.

Ruivas Amor Acobreado-03

O mais legal é notar as variações de tons não só de pele mas de ruivos! Tem os castanhos acobreados, os acobreados e laranjinhas e alguns tons de vermelho. Existe um estigma de que ruivo “natural” (os acobreados) só serve para as branquinhas mas isso é MUITO relativo, viu?! Uma das moças que comentou no meu post (o feito lá no grupo que citei) deu uma dica super boa pra quem tá insegura quanto ao ruivo que fica melhor em você: colorimetria. E deixou esse link aqui de referência. Valeu, Marina Nery!

Ruivas Amor Acobreado-02

Eu me usarei de exemplo pra demonstrar que muitas vezes a temperatura da pele influi mais do que a cor da pele em si. Sou branca e, pelo paradigma geral, eu supostamente ficaria bem “com qualquer cor de cabelo”. Mas minha pele é fria (mais pro pálida que pro branquinha de bochechas coradas) então percebam a cara de doente terminal quando fiquei platinada e como fiquei meio amarelada com o ruivo cobre super claro comparado ao mais vermelho, bem mais quente e que criou um maior contraste.

platinada ou ruiva
Essa história de que só é “natural” ruivas de pele branca é, na verdade, um mito bem preconceituoso que vai contra a própria natureza. Sim, existem pessoas de cabelos de fogo em várias etnias, isso não é uma exclusividade das “deusas celtas”, ok? Clique aqui nesse link bem elucidativo e ILUSTRADO que me indicaram. Mas, se estiverem com preguiça, apenas contemplem toda a lindeza dos cabelos ruivos da Sara Tino, outra membro do grupo Amor Acobreado que me cedeu sua imagem pra esse post.

Ruivas Amor Acobreado-04

Espero que isso ajude outras mulheres pelo Brasil a se sentirem menos inseguras para se tornarem ruivas, se for o desejo delas! Se ainda assim ficarem em dúvida as minhas dicas são: 1 – procurar um profissional que tenha experiência em ruivos. a maioria dos salões nacionais são especializados em loiras mas se você acompanhar o instagram dos salões da sua cidade e ver postagem de mulheres que tingiram de ruivo e o resultado ficou legal, já fiquem de olho; 2 – pode começar a transição usando um tom menos radical, mais próximo ao seu natural. eu, por exemplo, comecei com um ruivo acobreado próximo ao castanho e aos poucos fui ousando mais.

Eu tenho uma série de posts aqui no blog só para ruivas que vão desde a dúvida inicial até às cores de roupa que mais combinam com cabelos de fogo e dicas de como evitar desbotamento. Procurem pela tag #sagaruiva aqui na lupinha do blog e sejam felizes.

Curtiu o post? Então compartilhe!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinaturas 2015-03



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/ruivo-para-todas-sagaruiva/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
1 comentário




dicas-2 category image
4 de fevereiro de 2015

Não basta a saga para ficar ruiva – o ruivo é uma das cores mais difíceis para “pegar” no cabelo – tem que fazer esforço para se manter. Ninguém disse que seria fácil ter essa magia nas madeixas… mas, para ajudar, fiz uma relação simples de fatores que podem interferir na mudança da cor e desbotamento e os fatores que ajudam na manutenção da mesma.

Primeiro, vamos falar sobre os inimigos da cor mua ha ha (risada maléfica ao fundo):

desbota-01

1 – Alisamentos e outras químicas. A lógica é simples: coloração é química e qualquer outra química no seu cabelo reagirá a anterior. E nem estou falando sobre a agressão aos fios que alisamentos podem trazer, isso pode ser contornado com muita paciência e cuidados triplicados com hidratação e etc. Quanto fiz um relaxamento (que não lembro o nome mas envolvia chapinha milimétrica mecha a mecha ao final e não lavar por uns dias) notei de cara a alteração na cor do meu ruivo. Ficou mais claro, aberto, como se um pouco desbotado.

2 – Praia e piscina. A água do mar tem sal, a piscina tem cloro e ambos são inimigos de cabelos em geral. Adicionando o fator: sol e temos um prato cheio para desbotamentos ou alterações no tom do seu ruivo. Para evitar isso existem cremes com proteção solar específicos para cabelos. Você utiliza antes de ir à praia ou piscina e ainda evita fios embaraçados.

3 – Cabelos desidratados ou ressecados. O ruivo exige cuidados e a falta deles pode acelerar muito o desbotamento da cor.

4 – Banho de água quente. Simplesmente evite. Não faz bem para cabelo nenhum mas para os coloridos, além de fazer mal, acelera a perda da cor em cada lavagem. Use água fria (odeio) ou morna para garantir maior duração da ruivice.

Agora vamos aos melhores amigos das ruivinhas? O que nos ajuda a manter os fios vibrantes!

manter-01

1 – Ampolas de hidratação/reconstrução/nutrição. Sabe aqueles creminhos que você aplica e só precisa deixar agir por uns 3 minutinhos? Em vez de condicionador, que tal usar eles? Esse da Elsève é muito recomendado!

2 – A hidratação é MUITO importante para manter a cor. Um cabelo hidratado desbota bem menos. Uma coisa que você vai ouvir muito se continuar ruiva, é sobre “Cronograma Capilar”, o HRN. É um processo que ajuda a recuperar e deixar os fios maravilhosos, apesar da química e consiste em: Hidratação (H) + Reconstrução (R) + Nutrição (N). Eu nunca fiz mas existem dezenas de posts na internet sobre isso, se quiser entender mais sobre como funciona, clica aqui.

3 – Tonalizantes! São banhos de brilho sem amônia e sem necessidade de uso de água oxigenada. Esses produtos são usados nos intervalos entre as colorações para dar um up no brilho e na cor, resgatando ou destacando a vibração do tom de ruivo.

Aqui embaixo eu relacionei os melhores/preferidinhos das ruivas. Eu uso o C. Kamura Cobre e adoro! Você também pode tonalizar o cabelo com os “Mixs” das marcas de tinta que utiliza. Os mais populares são os da Majirel e os da Igora. O mix destaca as nuances do cabelo e sua numeração começa com 0. Uso o 0.77 da Igora, que realça a coloração 8.77 que uso.tonalizantes-014 – Corte as pontas. Não tem jeito, o seu cabelo vai acabar com as pontas ressecadas ou duplas, principalmente se você não tiver tempo nem dinheiro para seguir todos os processos de hidratação e reconstrução junto com a coloração. Pontas secas podem ficar com a aparência de queimadas e não pegar tão bem o tom de tinta que você usar, deixando um leve desnível em relação a cor da raiz e do comprimento do cabelo.

Outra dica para manter a cor é usar produtos específicos para cabelos tingidos. Nem todos que estão no mercado são bons e realmente fazer o que prometem e o ideal é procurar shampoos livres de sal e sulfato. Relacionei abaixo três linhas que tem uma boa aceitação entre as ruivas. Eu já usei o shampoo e condicionador Matrix e super aprovei. Meu cabelo nunca ficou tão cheiroso e macio quanto naquela época. Pena que são caros e quando tentei comprar online não encontrei e acabei desencanando. (clique na imagem pra ampliar).

shampoos

Confesso a vocês que eu sou um PÉSSIMO exemplo de ruiva. Pinto o cabelo desde os 13 e mal faço hidratações até hoje. Em salão, então, nem se fala! Morro de preguiça de tirar um dia para fazer só isso ou pagar para fazerem em mim. Mas dá pra manter o cabelo bonito sem sair de casa tendo um pouquinho de disposição e estou tentando me disciplinar mais mantendo uma alimentação decente – porque isso influencia muito no cabelo – e tomando vitaminas.

Se você tiver outra dica, me conta nos comentários. O próximo post da #sagaruiva será sobre cores de roupa e maquiagem para quem tem cabelos de fogo. Tô ansiosa pra escrever esse!

Curtiu o post e quer nos acompanhar nas redes sociais?  É só nos seguir: Facebook ♥ Instagram

novas assinaturas-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/dicas-mantendo-a-cor-sagaruiva/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
4 comentários




Estou ruiva há uns 5 anos e desde então algumas pessoas pedem dicas sobre tintas, cor ideal, onde ou como pintar, etc. Resolvi reunir as respostas em uma série de posts, para facilitar minha vida, assim quando perguntarem eu só mando o link ajudar outras pessoas que tenham essas dúvidas.

Após longos anos tentando mudar o castanho natural do meu cabelo com mechas e luzes eu cansei do loiro e, inspirada em famosas como a Nicole Kidman surgiu o desejo de ficar ruiva. O psycho (sorry, dear!) com o qual eu me relacionava naquele tempo “preferia loiras” e me botou muita insegurança sobre a transformação (meninos, não façam isso com suas namoradas, esposas ou ficantes, ok? dica da titia pra você não parecer um tirano!). Mas um belo dia ele resolveu sair da minha vida e foi o pontapé (na bunda) que eu precisava pra arriscar um visual novo sem medo de ser feliz porque: sim, fins de relacionamentos são a época preferida das mulheres mudarem de cabelo!

http://instagram.com/tedioseletivo

http://instagram.com/tedioseletivo

E é aqui que começam as dicas. Quer ficar ruiva(o)? Antes de tudo, pare e pense nessas três coisas:
1- Qual é a minha intenção ou objetivo ficando ruiva(o)?
2 – Que tom mais combina com a minha personalidade, estilo e momento de vida?
3 – Quanto tempo e dinheiro eu estou disposta(o) a investir nisso?

Meu objetivo era fazer uma mudança notória mas não alarmante no cabelo. Não queria radicalizar muito. Meu cabelo estava castanho, com as pontas claras. Passei a pesquisar que tom de ruivo seria o ideal para mim para esse objetivo e concluí que um acobreado, ficaria mais natural.

Esquerda como estava antes do ruivo | Centro: primeiro ruivo | Direita: ruivo natural que me inspirou

Esquerda como estava antes do ruivo | Centro: primeiro ruivo | Direita: ruivo natural que me inspirou

Existem dezenas de tons do laranja, passando pelo cobre, vermelho fantasia ao vinho escuro. Muitas pessoas fazem recomendações dos tons de ruivos ideais para determinados tons de pele mas não é só isso que deve pesar na escolha, não viu? Não esqueçam dos 3 itens que citei acima!

Se você é uma pessoa super tímida, por exemplo, com certeza chamará uma atenção (que provavelmente não quer) se pintar o cabelo de vermelho sangue. Se você tem muito medo de arriscar mudanças, com certeza seu objetivo não é sair do loiro para um acaju fechado, de cara. O ruivo “errado” pode até ficar lindo em você mas é preciso respeitar seu momento e sua personalidade se não você terá dificuldades de se acostumar com o novo visual devido à mudança muito brusca ou ao fato daquilo não te deixar a vontade por “não ser a sua cara”.

Tons pelos quais já passei até achar o preferido: o laranjinha do canto superior direito!

Tons pelos quais já passei até achar o preferido: o laranjinha do canto direito!

Você já deve ter ouvido aquele terrorismo de que “ruivo desbota muito rápido” e “ser ruiva dá muito trabalho” mas só aqui entre nós: eu tinha muito mais trabalho sendo loira. O ruivo exige manutenção mensal, sim e se você não está disposta(o) a pagar caro num salão (infelizmente bons profissionais, que usam bons produtos cobram caro) e resolver apelar para tintura de supermercado, provavelmente terá mais trabalho vendo sua cor escorrer pelo ralo, literalmente, e desbotando bem rápido (isso nunca aconteceu enquanto eu pintava em salão, o que mostra a diferença que a qualidade da tinta faz). Mas há o plano C: comprar coloração profissional e tingir em casa (o que faço hoje). Você encontra em lojas especializadas e na internet. Farei um post mais tarde sobre isso.

Pra quem tá começando a saga ruiva eu recomendo fortemente procurar um profissional, pra dar segurança. Pesquise os salões e cabeleireiros da sua cidade para conferir se desenvolvem trabalho de qualidade com ruivos (a maioria só quer saber de loira, nesse Brasil!) pra não chegar no primeiro salão que ver, entrar querendo ficar Marina Ruy Barbosa e sair Caipora do Castelo Rá Tim Bum!

Expectativa x Realidade

Expectativa x Realidade

Aqui em Manaus eu recomendo dois salões para isso. Um eu já testei várias vezes e foi responsável por boa parte dos tons de ruivo acobreado que já tive: Hair Studio Cecy Procópio. O outro é um salão que eu pretendo testar em breve pois acompanho o trabalho pelo instagram e já vi que tem profissionais que fazem um bom trabalho com ruivos mais abertos e laranjas, principalmente: O Belladonna Hair.

Se você ainda estiver com MUITO medo de algo dar errado, pode tentar tonalizar em vez de pintar. Tonalizantes não são tinturas permanentes e saem após algumas lavagens. Você aplica sem água oxigenada, apenas misturado a creme de hidratação branco, como se fosse um banho de brilho. Mas isso depende da cor base do seu cabelo. Se for muito escuro, um tonalizante laranjinha mal pegaria. Se você tiver cabelo castanho claro, funcionará.

Bora lá se jogar nas transformações porque cabelo cresce e cor dá pra mudar, depois! Eu me encontrei no ruivo e, mesmo já tendo passado pelo loiro platinado e pelo castanho escuro após ficar ruiva, essas outras cores não duraram nem 2 meses no meu cabelo. Sempre volto pros tons de fogo e super incentivo quem tem vontade de experimentar!

novas assinaturas-nana



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/dicas-quero-ficar-ruiva-e-agora-sagaruiva/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
4 comentários