Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


Olá moças e moços que acompanham o blog, sentiram saudades dessa que vos fala? Se sim, OK. Se não, OK também HAHAHA. Vamos lá, no post anterior falei sobre a minha experiência de grávida e recebi muitos feedbacks. Fico feliz que tenham se identificado! Já hoje falarei da minha experiência de new mom nesses primeiros meses do meu filho, da dinâmica da minha nova vida, dos estresses, das alegrias, das tristezas… So let’s start.

41b27ff6d81363defd432fd2f4053307

• As mudanças na dinâmica do dia a dia
Sempre ouvimos falar que um bebê muda tudo e é a puríssima verdade. Tudo mudou. Os bebês, principalmente recém-nascidos, necessitam de 100% de atenção e por esse motivo eu decidi ficar na casa dos meus pais durante esse período até me mudar. FOI UMA SÁBIA DECISÃO. Sou muito nova, nunca participei de roda de mães, a maternidade nunca foi um sonho, então eu não tinha muito jeito pra nada. “Ah mas quando você tiver seu filho vai ter jeito sim” Mentira, mana! Até hoje eu carrego ele meio troncho mas nem ele e nem eu nos importamos. Estar na casa dos meus pais foi positivo pelo fato de eles terem experiência e ajudarem nas horas de aperto, mas também foi ruim por conta da privacidade e dos pitacos que sempre dão (com boa intenção) e acabam atrapalhando a nossa forma de lidar com a criança. Minha família foi ótima comigo mas creio que na hora de educar um filho o melhor mesmo é ficar só você, seu marido e seu filho (ou só as mães, ou só os pais, ou só os avós, depende de quem cria e como e a estrutura familiar).

12625647_1325158677510072_862384040_n

• O Bebê
Bebezinhos são seres misteriosos. Cada um responde aos estímulos de uma forma. É essa minha conclusão depois de ouvir experiências de trocentas mães me aconselhando o que devia fazer (na famigerada hora do aperto). Não existe regra. “Ah choro assim é porque tem fome” “Ah se tá assim é porque quer colo” “Ah isso e isso e isso” . Percebi que as regras não funcionaram muito bem com a minha cria e assim nós (eu e meu marido) aos poucos tivemos que decifrar nossa esfinge em forma de bebê. Seu bebê é único. O meu, no caso, deu trabalho para dormir bem a noite e com as cólicas…ai, as cólicas! O sono nós resolvemos criando uma rotina, dica não só da pediatra mas também da leitura “A encantadora de bebês” que foi uma mão na roda para nós! As cólicas infelizmente duram, geralmente até os 3 meses, é normal sim e seu bebê vai ter isso. Existem diversas crendices para passar a dor, mas é sempre bom ouvir o que o pediatra vai dizer e receitar.

• Eu (mãe)
Os 3 primeiros meses parecem que duraram três anos. Foram intensos e cheios de aprendizado. Ainda não me sinto preparada para criar o bebê, mas acredito que essa sensação percorra a vida toda para muitas mulheres…talvez seja a pressão que cai em cima das mães de serem perfeitas, sorridentes e bem humoradas, afinal um filho é tudo na vida, né? Mas o que as pessoas esquecem é que uma pessoa é feita de diversas facetas. Existe eu mãe, existe eu esposa, existe eu filha, eu amiga, eu irmã, etc. Não somos apenas uma só. E não devemos nos anular. Precisamos de um tempinho para respirar durante essa fase e é para isso que carinhosamente tive ajuda das minhas irmãs e mãe, para poderem ficar com o bebê para eu poder comprar algo pra mim no shopping ou jantar com meu marido. EI, É SAUDÁVEL E RECOMENDÁVEL TER TEMPO PARA SI NESSA FASE, NÃO SE ENCLAUSURE, PEÇA AJUDA! SOMOS HUMANAS. Amo meu filho com todas as forças mas também me amo e sei que preciso me cuidar, ter vaidade, tomar um banho para relaxar…apesar de não acontecer com muita frequência. As tarefas aqui são divididas igualmente. Não existe aqui folga pra nenhum (eu e marido) ambos nos ajudamos. E isso faz a diferença. Isso te ajuda a ter forças e gás para dar mais de si. É assim que são as coisas.

E vocês que já foram mães, como foi essa fase?

Curtiu o post? Então compartilhe!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinaturas 2015-06



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/mae-de-1a-viagem-os-primeiros-3-meses/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Período de férias é praia, sal, areia, piscina, rio, igarapé, cachoeira, sol! Só coisa boa, mas depois de um tempinho nossos cabelos vão se cansando dessa vida de curtição e começam a ficar aquele aspecto, digamos, não muito glamouroso: ressecado pedindo pelo amor de todos os santos uma hidratação.

cabelo-ressecado

Bom, eu não sou muito rata de salão de beleza. Normalmente ando com meus cabelos ao natural, e prefiro fazer hidratação em casa com produtos naturais que normalmente eu tenho, e eis que hoje vou compartilhar a minha dica mágica pra vocês ficarem com cabelos lindos e de sereia: óleo de côco!<3

Sim, quem me conhece sabe que sou quase como uma embaixadora do óleo de côco, haha! Ou seja, uso para diversas coisas e vou falar da minha experiência com esse divo da natureza e melhor amigo do meu cabelo. É fácil de fazer, acessível e dá um ótimo resultado; eu uso a cada quinze dias, mais ou menos.

O óleo de côco tem um ótimo poder de hidratação pois é rico em ácidos graxos e vitaminas que agem na parte interna do fio do cabelo, mas como tudo na vida, deve ser usado da maneira e com a quantidade correta senão o efeito desejado não surge. Ultimamente tem ficado famoso este óleozinho, mas também tem surgido algumas dúvidas em relação a como utilizá-lo, e por isso vou tentar ajudar com minha experiência.

oleo-de-coco

Antes da descrição da hidratação vamos fazer algumas observações:

* Faça essa hidratação com o cabelo seco e sem tê-lo lavado neste dia;
* Se, após a hidratação, o seu cabelo ficar com aspecto úmido e oleoso é porque você deixou resíduos do óleo no fio, deixando-o pesado;
* Após a aplicação, lava-se o cabelo uma ou duas vezes dependendo do seu tipo de cabelo. Como o meu cabelo é grande e com muito volume eu preciso lavar 2x para conseguir tirar o óleo de toda a extenção do cabelo. Para pessoas com cabelo oleoso também é altamente recomendável lavar 2x com shampoo (por precaução melhor todo mundo lavar 2x haha);
* O tempo que você passa com o óleo no cabelo também influencia na hidratação, pois o fio absorve o óleo (e por isso hidrata), porém também não adianta querer deixar 24h. Se controla, miga!
* Algumas pessoas aquecem o óleo de côco para que ele fique líquido, pois em temperaturas mais baixas ele se torna pastoso; bom, preciso nem explicar que em Manaus HellCity não precisa pois ele fica em seu estado naturalmente líquido (a não ser que vc guarde na geladeira);

Mas vamos ao que interessa!
O que precisa? Basicamente óleo de côco e cabelo (importante esse item!). Mas uma touca (ou toalha) também é útil pra abafar e acelerar o processo.
Observação: Preferencialmente use o óleo de côco extra virgem (se for prensado a frio, melhor ainda)
Quanto de óleo usar? Depende do tamanho do cabelo. Cabelos grandes podem precisar de umas 5 colheres de sopa; para os pequenos, umas 3 serão suficiente. Também não é crime passar um pouco mais, só é preciso ficar atento pra tirar todo o óleo do fio ao final da hidratação.
Onde achar o óleo? Facilmente achado em farmácias, mercados ou ainda em empórios de produtos naturais.
Qual o valor? A faixa de preço é de 20-30 reais o vidro com 200ml/300ml.

Como fazer a hidratação?
-Aplique a quantidade de óleo por toda a extensão do fio, exceto na raiz (principalmente quem tem cabelo oleoso), massageando bem. Depois prenda-o.
-Você pode colocar uma touca plástica para abafar, ou uma toalha úmida. Permaneça algum tempo (pelo menos 15-20min), e após isso lave o cabelo normalmente.

OBS: Será muito bom se vc puder passar uma hora com o óleo no fio. Eu normalmente passo no cabelo nos finais de semana e vou fazer algum trabalho manual, ler um livro, lavar uma louça, ver um episódio de uma série, enfim…fique um tempinho com ele na cabeça para que o fio do cabelo tenha tempo de absorver o óleo. Muitas pessoas costumam fazer essa hidratação de noite, dormir com o óleo no cabelo e lavar na manhã seguinte.
OBS2: Certifique-se de que o cabelo não está oleoso, ou seja, que não tem nenhum vestígio do óleo nele. Se ainda tiver, lave novamente de modo a tirar todo o excesso do produto.

coconut oil

-Após isso, seque normalmente com o secador ou ao natural. E pode sair por aí ostentando cabelos lindos, sedosos e hidratados como se você tivesse num comercial da L’Oreal, porque afinal: você vale muito, hehe!

Curtiu o post? Então conta pra gente se o seu cabelo ficou divo também!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!

Facebook | Instagram

assinaturas 2015-02



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/hidratacao-oleo-de-coco/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




dicas-2 category image
14 de janeiro de 2016

Para a primeira #quintacult do ano eu escolhi um filme que me deixou extremamente LOUCA para compartilhar e indicar, principalmente porque ele me fez refletir MUITO. E nada melhor do que uma história fictícia com um enredo bem surreal, mas que traz uma lição incrivelmente significante para nossa vida: como lidarmos com o tempo e com o amor/carinho/respeito pelas pessoas ao nosso redor. Chega de filosofia da Klyo e vamos ao que interessa.

Quero que após você ler minha “dica”, saia correndo para assistir “About Time”, que é o título original do filme, mas que foi traduzido no Brasil como “Questão de Tempo”.

Sem Título-1
O filme aparenta ser uma comédia romântica, mas que para mim foge do romantismo e embarca num drama que te leva a pensar em muitas relações suas com as pessoas (e pensar em relações amorosas fica a cargo do expectador). O filme é do diretor Richard Curtis (o mesmo de “Um lugar chamado Notting Hill” e “Simplesmente amor”, dois filmes que eu adoro).

A história gira em torno do personagem britânico Tim Lake (Domhnall Gleeson), que recebe a revelação de um segredo do seu pai (Bill Nighy) ao completar 21 anos: todos os homens de sua família têm o poder de voltar no tempo e viver novamente algum momento específico do passado. E viver esse momento de uma forma completamente diferente de como ele foi vivido antes.

Por mais que no início o personagem encare a notícia com um pouco de deboche, isso faz com que o assunto “viagem no tempo” seja visto de forma mais simplista e não como algo extraordinário (como geralmente é mostrado nos filmes). E então quando Tim tenta voltar no tempo pela primeira vez e consegue, ele começa a acreditar na história do pai. Ainda assim o filme continua passando a ideia de que o poder de viajar no tempo só é uma característica normal da família Lake, e não uma anormalidade, assim não se torna o FOCO principal do filme, você se fixa de verdade na história.

Tim começa suas viagens no tempo, sempre com a esperança de encontrar o amor da sua vida. Até que ele finalmente conhece Mary (Rachel McAdams), e como é de se esperar, algumas viagens ao tempo acabam mudando o curso dos acontecimentos. E o personagem acaba tendo que mudar várias vezes alguns acontecimentos do passado, e faz de tudo para que dê certo com Mary.

E, mesmo que se a história se foque (a priori) no romance do casal, como eu disse acima, não senti tanto o tom de romantismo. Por mais que o casal receba a maior atenção do enredo, outros aspectos da vida do protagonista também são levados em consideração, sua relação com o homem que o hospeda em sua casa, seu amor e admiração pela irmã mais nova e sua relação com o pai (que para mim é a melhor parte do filme).


About Time

Entre várias voltas no tempo, a história se desenrola nos levando a cada momento a uma reflexão diferente sobre o que fazemos com cada pequeno instante de nossas vidas, afinal, NÓS não podemos voltar no tempo para consertar nada e nem para reviver um bom momento. Mas não vou contar mais, pois não quero dar spoilers.

Só sei que é um filme que vale a pena ser assistido, principalmente por abordar diversos assuntos, como o tempo, família, felicidade, o valor dos detalhes, dos momentos. Uma verdadeira lição de vida.

“Questão de Tempo” é um filme encantador e nos passa uma lição ainda mais encantadora! Assisti o filme com a minha mãe no primeiro dia do ano e ficamos por uns 5 minutos caladas (com lágrimas – para não dizer litros – nos olhos) e fiquei com uma vontade absurda de aproveitar a vida, reviver bons momentos com a minha avó que já faleceu, provar novamente comidas, estar de volta numa festa que não aproveitei direito, dar um sorriso num momento de mau humor, prestar mais atenção nos pequenos detalhes, amar as pessoas que temos por perto e viver intensamente cada dia. Mas, principalmente, que nós possamos viver bem sem que precisemos voltar no passado para consertar ou viver direito.

6e16ec8c-1732-4a51-95c4-a8adf3b31072

A conclusão final do personagem é surpreendente. E nos permite perceber algo que parece tão clichê mas que quase ninguém reflete sobre: a graça e a emoção da vida está justamente no fato de só termos uma chance e de vivermos cada momento de maneira única.

Então eu espero que você (assim como eu) assista o filme e reflita sobre mil momentos e maneiras de vivê-los.

Ah, e como eu também sou uma APAIXONADA por trilhas sonoras, até nisso o filme me ganhou, com a música de principal referência ao casal, numa versão super linda.

 

Curtiu o post? Então mostre seu amor e compartilhe! ♥
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinaturas 2015-05

 



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/about-time-quintacult/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




A Pantone criou a escala de cores mais famosa do mundo. Todo ano ela elege um tom que será tendência no ano seguente. Lembram que em 2015 foi o Marsala cheio de sobriedade que invadiu o guarda-roupa, a lojas de decorações e o maquiagem? Quem não saía de gótica suave, hein? haha!

Esse ano, elegeram não só uma mas duas cores do ano. O Rose Quartz que é um tom de rosa clarinho e o Serenity é um azul celeste  apaixonante.

Captura-de-Tela-2015-12-08-às-18.18.56

Mas por que duas cores?  A Pantone disse assim: “Em muitos lugares do mundo observamos que a divisão entre os gêneros na moda está cada vez mais fraca, o que acabou refletindo na tendência de cores em outras áreas. Isso coincide com a luta dos movimentos sociais pela igualdade de gêneros, o fato de os consumidores estarem mais confortáveis em usar cores como forma de expressão e uma geração que não se importa em ser rotulada”.

cores do ano

 

Ficou encantada com as cores mas está na dúvida de como usar essa tendência? Separamos algumas dicas que vão te ajudar!

DICA 1 – Tenha peças chave

Não precisa trocar todo o guarda-roupa para as duas cores do ano. Tendo as peças chaves como camiseta, saia e calça básicas ou de cortes reto, você consegue montar vários looks.

no look

DICA 2 – Aposte nos acessórios

Não achou uma roupa nas cores que fique legal em você? Não tem problema, aposte nos acessórios. Eles tem o poder de dar um up até nos looks mais basiquinhos.

nos acessorios

DICA 3 – Nos cosméticos também pode

As unhas e a make também fazem parte do look, e por que não usar as cores do ano nelas? O que não falta é produtos dos mais caros aos mais baratinhos com essas cores.

nas unhas

na make

Que somos (eu e Mai) apaixonas por cabelos coloridos todo mundo já sabe não é? HAHA Então não podíamos deixar passar batido sem inspirações de cabelos coloridos <3

nocabelo

Eai, o que acharam das dicas? Se vocês tiverem mais alguma deixem aqui nos comentários. Vamos adorar saber como vocês fazem haha!

Todas as imagens foram retiradas do pinterst.com

Curtiu o post? Então segue a gente, vai!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram
assinaturas 2015-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/3-dicas-de-como-usar-as-cores-do-ano/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




diy category image
8 de janeiro de 2016

Quem aí estava com saudade de tutoriais? 😀 (já, digam “eeeuuu!”)
Vamos ao primeiro DIY de 2016 então .o/

Eu decidi reorganizar meu quarto assim que entrei de férias no fim de dezembro (e pasmem, ainda não terminei hahaha) e encasquetei que iria mudar também toooda a decoração dele, prateleiras, mesinha de estudo, tudo! #alok
Havia só um probleminha: meus xodós decorativos que são sempre figuras de algum anime, desenho e/ou filme e eu não queria deixá-los largados pelas prateleiras, queria algum destaque pra eles. Foi quando lembrei dos Nichos decorativos, que geralmente são quadrados e muito utilizados em salas de estar, escritórios e quartos.

*img ilustrativa de nichos*

Como eu não tenho espaço e nem dinheiros o suficiente , fui olhar umas idéias no Pinterest (claro haha!) e vi uma bem bacana de nichos circulares. Mas como nesse mundão de ideias é bem raro explicarem o passo a passo direitinho, eu olhei em volta e vi embalagens de pringles (que eu sabia que serviriam pra alguma coisa!) e uma maior de suplementos. Decidi testar pra ver se daria certo e deu! Wee!

Anota aí os materiais necessários:

  • Embalagens cilíndricas vazias (essas de suplemento são ótimas porque são grandinhas e por serem de um tipo de papel mais grosso, podem ser cortadas facilmente mas não amassam);
  • Tesoura E estilete;
  • Washi tape (pode usar spray também, se não estiver com muita paciência haha);
  • Cola quente ou cola de silicone OU grampeador;
  • Adesivos de parede (para pendurar quadros).

share_tempory (7)

O primeiro passo é cortar cada cilindro em 4 partes ~relativamente~ iguais com o estilete, formando os pequenos nichos. Depois use a tesoura para aparar/acertar o corte (e cuidado para não deixar torto!). Recomendo o corte de apenas 3 ou 4 partes para que o nicho não fique muito estreito, senão não poderá equilibrar itens de decoração dentro.

share_tempory

O segundo passo é decorar cada cilindro cortado como você desejar! Eu escolhi washi tapes (são tipo um durex colorido hahaha) mas me arrependi um pouco porque demorou bem mais do que eu tinha imaginado e eu precisei ter cuidado redobrado pra nao ficar ~muito~ torto (quedê coordenação motora?!). Se você quiser usar tinta em spray, precisaria cobrir as latas de pringles com jornal e aplicar, pois as latinhas tem umas películas que protegem e não deixam a tinta pegar facilmente, mas fica a seu critério como decorar. Um detalhe: usando as fitas washi tape, eu deixei um pouquinho sobrando para dobrar para dentro do cilindro, de forma que cobrisse a borda que fica visível.

share_tempory (1)

 

Tá, cilindros prontos, como que faz? Visualize como você acha que fica melhor a disposição dos nichos e vá passando a cola quente. Eu estava sem e usei grampeador mesmo (#pedreiragem). Dica: escolha o cilindro que possui o fundo da embalagem para ficar ao centro da disposição de todos os nichos, vai facilitar na hora de pendurar.

share_tempory (2)

Por fim, basta escolher o cilindro que possui um fundo para por o “adesivo de quadros” (não sei o nome específico!) e por na parede! E aí é só ir arrumando seus objetos de decor <3 que por sinal, não podem ser muito pesados, pois os nichos são de papel, não de MDF 😉

share_tempory (3)

share_tempory (6)

E aí, curtiram? Se animaram pra fazer em casa? Se fizerem, mandem foto pra nós!

Curtiu o post? Então fica de olho nas atualizações!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinatura mai



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/diy-nichos-decorativos/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Oi galera, para quem não sabe eu sou a Bia, irmã caçula da Nana. O ano de 2015 foi beeem diferente pra mim porque descobri que estava grávida do meu atual marido e eu era daquelas que “AI SÓ QUERO TER FILHOS DEPOIS DOS 30, QUERO VIAJAR E ESTUDAR BLA BLA BLA BLA”. Então aqui vou contar a vocês um pouco sobre minha experiência como ~grávida~ de primeira viagem.

Como eu havia dito no título, existem muitas coisas que ninguém te conta quando você fica grávida. Eu não tinha muitas referências de grávida por perto, as poucas que tive eu não me metia muito e nem perguntava nada, então eu tive que desbravar esse mundo da gravidez sozinha e ao longo dos meses entrei em contato com ex-grávidas para tirar dúvidas…mas eu não gosto muito sabe? De ficar atazanando as pessoas, então algumas coisas deixei rolar e esperei literalmente ver como ia ficar. Vamos iniciar a lista:

1 – NINGUÉM me contou que : Eu iria ser literalmente agourada. Sim, vocês podem se espantar mas é essa expressão que utilizo mesmo, inúmeras mulheres me disseram “VOCÊ VAI FICAR CHEIA DE MANCHAS, VOCÊ VAI FICAR GORDA, CUIDADO HEIN, VOCÊ VAI FICAR BEM INCHADA JAJÁ, SE NÃO INCHOU AGORA ESPERA QUE INCHA SIM”. Coloquei essas expressões em caps lock para demonstrar que nenhuma dessas pessoas disse isso em tom de “isso pode acontecer, mas cada mulher tem um organismo diferente então não fique alarmada”, pelo contrário, o tom era de agouro mesmo, como se fosse uma regra a mulher ficar cheia de manchas, pelancas e pés de sapo na gravidez. Isso me irritou muito, parecia que queriam que eu me tornasse uma baranga buchuda e POXA, QUE PENA QUE NÃO FIQUEI ASSIM. (Mentira, dei uma engordada, mas to nem aí).

bla
2 – NINGUÉM me contou que : As pessoas iriam se meter tanto na minha vida. Como disse uma professora minha, quando ficamos grávidas as pessoas acham que somos uma espécie de “patrimônio público” e podem meter o bedelho sem ao menos serem íntimas ou perguntarem se queremos a opinião. Eu realmente entendo que as pessoas querem ajudar e dar dicas, mas temos que ter bom senso sabe? Eu acho legal quem se preocupa e quer ajudar, inclusive recebi dicas ótimas mas as que EU pedi. Ou seja, uma dica para todos que tem grávidas ao redor: não sejam inconvenientes. SÉRIO.

3 – NINGUÉM me contou que: Prioridade? Não existe respeito com a lei da prioridade. Por lei, idosos, deficientes, lactantes, GESTANTES dentre outros tem preferência em atendimentos nos bancos, supermercados, consultórios médicos, e qualquer lugar que tenha FILA né gente? Eu nunca me senti tão desrespeitada quanto na gravidez. Uma vez, na fila para pagar o ticket de estacionamento do Amazonas Shopping (falo mesmo o nome, to nem aí) uma mulher de aparentemente 30 anos me destratou na frente de todos pois eu estava “ furando fila”. Eu procurei manter a calma e disse “moça, eu sou prioridade pois estou grávida” e ela simplesmente começou a criar caso dizendo “O QUE CUSTA VOCÊ ESPERAR ATRÁS SE TEM POUCA GENTE??” Tipo…….OI?????? EU NÃO PRECISO ESPERAR NINGUÉM NÃO MANA, TÁ NA LEI E EU SOU A PRIMEIRA SIM! Nossa, eu fiquei com tanta raiva dessa mulher que meu sangue subiu e quase desmaio de raiva. Aff! Não sejam idiotas assim, por favor! A gente tem prioridade por vários motivos como : não podemos ficar paradas em pé por muito tempo afinal temos uma barriga enorme que pesa pra caramba, nossas costas doem, nossos pés incham e nós precisamos nos sentar . No fim da história fui atendida primeiro mas ninguém se manifestou em minha defesa, muito menos as atendentes, eu fiquei literalmente sozinha brigando pelos meus direitos e ainda não aceitavam cartão pra eu pagar aquele maldito ticket, tive que rodar o shopping atrás de algum que aceitasse para ir embora. Affzão.

uau

4 – NINGUÉM me contou que : A gravidez é uma tpm de 9 meses! Eu descobri isso durante esses meses. Os nossos hormônios ficam loucos e nossa cabeça também. Tive crises de raiva, queria metralhar as pessoas e o coitado do meu marido se lascou na minha mão pois levava muita patada de graça (hehehe). A sensibilidade no meu caso não me deixou chorosa como muitas outras grávidas ficam, eu fiquei mais intolerante e impaciente durante a gravidez. Gente, não é frescura. Então não fiquem fazendo brincadeirinhas achando que é engraçado falarem que estamos fazendo charme….é sério, nós ficamos muito vulneráveis emocionalmente e quem tem grávidas por perto precisa ser paciente com nosso estado.

5 – NINGUÉM me contou que: Estranhos te encarariam e iriam querer pegar na tua barriga. Eu sempre achei grávidas super fofas e lindas mas eu não lembro de ficar invadindo o espaço delas metendo a mão na barrigona delas sem que eu fosse amiga da pessoa. Não que eu me incomode muito de fazerem carinho na minha barriga, acho super fofo, mas apareceram mãos do nada alisando minha barriga e era estranho. Fora que ninguém mais te cumprimenta e fala diretamente com sua: barriga. HAHAHAHA Acho essa parte engraçada!

barriga

BÔNUS: Não é um item da lista mas eu considero importante ressaltar isso para todas as grávidas. Escolham bem quem será o(a) obstetra de vocês. Esteja com alguém que você se sinta confortável e confie. Se não houver confiança : m u d e.

Curtiu o post? SÓ VOCÊ não nos segue ainda, diferentona!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinaturas 2015-06

 



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/gravidez-de-1a-viagem/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
1 comentário




O ano já começou e que tal inciá-lo com o astral lá no alto e a vida mais linda e organizada?

Uma das minhas metas do ano passado era tentar ser o mínimo organizada já que estava em época do TCC e tinha muitas atividades. A agenda super me ajudou, mas geralmente ela tem uma página para cada dia e eu não conseguia visualizar o todo e sempre acabava me atrapalhando, foi então que resolvi começar a usar planner mensais.

Como coisa boa deve ser compartilhada, vamos disponibilizar todo inicio de mês um planner lindeza para vocês baixarem e algumas dicas de como melhorar sua organização!

plannercha01

DICA 1 – Estipule Metas

Escrevemos muitas metas em janeiro mas, muitas vezes, chega em dezembro e não saíram do papel. Definir objetivos não pode simplesmente ser jogar palavras ao vento! O mais importante é definir realmente o que se quer e entender a importância disso. Não adianta escolher coisas que você sabe que não podem ser cumpridas, isso vai te frustar e desanimar e esse não é o objetivo, né? Estabeleça suas metas macro mas não se esqueça da micro. Por exemplo:

Meta macro: Viajar nas férias
Meta micro: Fazer três freelas e guardar o dinheiro na poupança.

Essa meta micro você pode escrever no campo das metas do mês do planner e ir riscando assim que concluídas. Porque uma coisa é certa: o que eu não vejo, eu não lembro.

DICA 2 – Estabeleça Prioridades

O que realmente precisa ser feito e que não pode ser adiado? Não importa o que seja, pagar uma conta, ir no supermercado, responder um e-mail importante, terminar de assistir uma série… Da tarefa mais importante até as mais triviais, saiba o que é importante e execute a lista de prioridades. Marque no planner com caneta colorida ou post it, assim você não se enrola ou tem algum imprevisto.

DICA 3 – Programe o Mês

Para quem é péssima de memória assim como eu, lembrar dos compromissos é uma tarefa árdua. É extremamente importante planejar seu tempo e saber o que tem que fazer durante o mês. Desafio você a começar pelo mês de janeiro, se não conseguir o mês, comece pela semana ou pelo dia. Isso ajuda a manter o foco e procrastinar menos.

Gostou das dicas e quer colocar em prática? Aqui embaixo tem os links para baixar:

Clique aqui e baixe o planner de Janeiro de 2016

Clique aqui e baixe o planner de Janeiro de 2016 – Preto e Branco

Deixem nos comentários o que de legal vocês vão fazer em janeiro e usem a hashtag #plannerdocha se postar fotos no instagram, vamos adorar ver!

Curtiu o post? SÓ VOCÊ não nos segue ainda, diferentona!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram

assinaturas 2015-01

 



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/planejamento-mensal/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




opiniao-2 category image
4 de janeiro de 2016

Quem cresce cercado de amor e auto-estima cria cedo a ideia de que “não há ninguém igual a você no mundo” e isso te torna “especial”. Mas morando em um planeta com 7 bilhões de habitantes, logo você descobre que não é exclusivo em nada. Ninguém é IGUAL a você, mas você nunca será diferente sozinho. O meme da virada veio nos lembrar isso de forma debochada e descontraída, por isso os posts ironizando aquela pessoa que se acha #diferentona viralizaram e adoramos!

1a

Sempre tem aquela galera do contra que faz questão de mostrar o quão avessa às tradições populares é, né? Se é costume a galera passar a virada de branco e você ignora isso ou debocha de quem escolhe a cor da roupa com um certo simbolismo… PARABÉNS! Tome aqui sua faixa de diferentona/diferentão!

2a

Como a internet não perdoa, até declarações otimistas e outras quase ingênuas caíram na malha fina desse meme, só pra reforçar o conceito de que “você não é exclusivo”!

Mas nada melhor que ver a galera que se sente superior por ter habilidade X ou gosto Y ser zoada, né? Ouve música erudita e lê clássicos da literatura cult? Legal! Se acha a última bolacha do pacote por isso? Nos poupe!!

3a
Quem se apropria de coisas que são senso comum ou corriqueiras também foi lembrado nesse meme!

senso comum
A galera que se acha vanguardista no whatsapp e aquele povo perdido desesperado que o usa teve sua vez.

4a

Bora deixar em 2015 essa mania de se fazer ou se proclamar trouxa. Se você se acha troxa, deve ser mesmo mas PARE! Apenas PARE! E também não adianta pagar de santa do pau oco na internet, que isso não te fará superior a ninguém.

otariano

O meme já tá saindo do controle e algumas pessoas pegaram na carona no lance do ”só você” para fazer piadas fora do formato padrão inicial, que não deixam de ser engraçadas. Vou deixar aqui embaixo uns “bônus”.

bonus

Esse post foi até curto e tenho certeza que muita gente já viu alguns dos exemplos usados nele circulando pelo facebook e twitter, principalmente. Mas, como todo meme, tem prazo de validade e logo logo aparecerá a galera #diferentona avisando que já perdeu a graça, então: aproveitem pra procurar mais coisas pela hashtag e divirtam-se!

nao aguento mais

Curtiu o post? SÓ VOCÊ não nos segue ainda, diferentona!
Acompanhe o Chá nas redes-sociais!
Facebook | Instagram
assinaturas 2015-03



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/diferentona/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!