Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


Nosso post com Dicas de como NÃO chegar em uma mulher repercutiu tanto que alguns leitores nos procuraram querendo contar suas experiências sobre o assunto. O post de hoje não é de nossa autoria, é de uma das pessoas que nos procurou e preferiu não assinar o post, então não divulgaremos seu nome, apenas as suas dicas, a partir do próximo parágrafo.

_______________________________________________________________________________________________

Apenas 10% dos homens percebem os sinais quando uma mulher o está paquerando. Por isso, homens, aqui vão algumas dicas do que vocês devem fazer em uma paquera.

1) Cuidar da aparência

Sim, o importante é a personalidade e a índole. Mas no início da paquera o que é notado primeiro é a aparência. Use roupas que condizem com seu tamanho, nem largas, nem apertadas. Se tiver duvida, procure no google, mas invista no seu visual! Não use roupas velhas e rasgadas.

Higiene é tudo! Por isso, durante o banho, não esqueça de lavar os locais que tenham dobras: axila, pescoço, virilha, genitálias, entre os dedos, umbigo. Apare pêlos, o excesso deles provoca suor. Se não for alérgico, use sempre perfume, com moderação.

2) Auto-estima

Você acha que só quem conquista mulher é homem bonito, à la Brad Pitt? Em qualquer lugar, que tenha mulheres disponíveis, vai ter pelo menos uma que vai olhar para você. Sempreeeee!

Pare de se lamentar e comece a olhar ao seu redor! Entenda os sinais, você está sendo paquerado e nem percebeu. Pode ser na parada do ônibus, na fila do cinema, na livraria e até pela secretaria do seu dentista!

3) Demonstrando interesse

Identifique as mulheres disponíveis quando chegar. Escolha uma e comece a olhar para ela, mas de forma natural ou seja, não fique encarando, mas faça com que ela te note. Opa, ela olhou… Foi rápido? ela baixou a cabeça? Tudo bem, ela pode ser tímida, dê uma folga, olhe para o outro lado e depois volte a olhar para ela. Olhe sempre para o rosto. Se ela corresponder mais uma vez, sorria. Isso sorria! Se estiver com um copo de bebida na mão, levante e acene (dica: não beba demais, nunca!).

4) Quando elas demonstram interesse

A garota começa a dar em cima de você. Em que momento uma mulher demonstra interesse? Quando ela sorrir, quando ela olhar, quando ela tirar o cabelo do rosto para te ver melhor, quando ela se aproxima de você. Por favor não analise o corpo da garota, nem puxe-a para conversar, ainda mais se ela estiver em um grupo. É você que deve ir lá e botar a cara a tapa. Controle a ansiedade e vá!

Exemplo:

Moro no Rio e aqui tem metrô. Eu entrei em um vagão e estava com outras pessoas. Em uma determinada estação uma menina entrou e sentou em uma cadeira que ficava de frente para a cadeira que eu estava. Comecei a perceber que estava sendo olhado. Olhei de volta e ela desviou. Olhei mais uma vez e ela correspondeu, eu desviei e sorri. O vagão esvaziou e ela de repente levantou e sentou na minha frente. Por que com um vagão vazio, ela mudou de lugar e veio para perto de mim? Foi a brecha para conversar com ela e eu pegar o telefone dela.

5) Comece uma conversa

Não use a palavra não. Nada de eu não gosto, eu não quero, eu não faço…Não fale algo que dê uma imagem negativa. Não fale de relacionamentos passados. Não exagere nos elogios, você será só mais um cara babão. Seja diferente. Pergunte algo, sobre ela, sobre o lugar, sorria.

Você pode até começar com um “oi, tudo bem?”, mas tem que ter mais. Converse sobre assuntos alegres, que não causem polêmica ou a coloquem em uma posição desconfortável. Faça ela falar sobre a carreira. O objetivo é ela se sentir confortável na sua companhia. Pode ser sobre a música, sobre o que ela está vestindo, por exemplo: “Muito bonita sua blusa (sapato, acessório no cabelo)… Eu tenho uma festa para ir e estou sem ideias, acho que você pode me ajudar…” Em uma frase, você elogiou o que ela está vestindo, dizendo que ela tem bom gosto. Melhor do que você falar: “Nossa, você é uma gata!”.

6) Aproximação, criar intimidade

Durante a conversa você pode perguntar sobre a família dela -mas cuidado, os pais podem ser falecidos ou separados- irmãos, primos… a gente tem boas lembranças de infância! E falar sobre isso é uma forma de criar intimidade.
Não seja indelicado, melhor do que piada é uma boa conversa, então nada de tirar sarro da garota! Mesmo que ela não seja legal, sempre dê a oportunidade para ela conhecer o cara bacana que você é. Faça o seu papel.

7) Contato corporal

Na fase de aproximação é importante que você sorria, seja divertido e tenha humor. Após o citado na dica anterior, cabe então o contato corporal. Toque na mão dela, no braço -enquanto fala, dê um abraço e pode aproximar para um beijo, se notar que há interesse mútuo. Olhar para boca e para os olhos também funciona e ajuda muito.

8) O número de telefone

Sempre pegue o telefone. Ainda mais se você não tiver tempo para a conversa. Peça desculpas porque você já está saindo e pegue o telefone e depois mande mensagem comunicando que é você e aquele é seu número. As dicas para a conversa pessoal valem também para o whatsapp, facebook e outra maneira online.

9) Primeiro encontro

O primeiro encontro depois de uma paquera bem sucedida pode ser proposto a qualquer momento, desde que obedeça a regra dos 3 “sim”. Há uma sequencia de perguntas. Por exemplo:
“Então você gosta de música mais calma?” Ela: Sim” (1)
“Eu também gosto, dá para gente conversar melhor, não atrapalha.” Ela: sim (2)
“Poxa, você poderia ir comigo no local tal, dia tal…(decida você) toca música calma” Como dizer não? Ela: sim (3)

situação 2

“Ela: Eu adoro comida japonesa. (interesse 1, classifique como um sim..)”
“Eu: Você gosta dos restaurantes japoneses daqui de Manaus?”.
“Ela: Sim, adoro o que fica no parque dez, vou sempre” (2)
“Eu: podemos marcar um jantar la (não use “qualquer dia”) no próximo sábado ”
Ela pode negar por causa da agenda dela, mas sempre proponha com data e hora.

10) FIm da conversa

Se despeça, tudo tem limite. Por mais que você e ela estejam amando, não dá para falar tanto tempo assim. Deixe-a curiosa (mulheres são curiosas), comece e não termine uma história, diga que depois você conta. Pode até não lembrar, mas aquilo vai deixar ela ligada por curiosidade a você.

De uma forma geral, seja seguro, aja com naturalidade, o treino leva a perfeição. Mas isso aqui não são dicas para você ser um canalha! Não use com mulheres casadas ou comprometidas. A ideia é ajudar quem tem dificuldade em aproximação com o sexo feminino ou não sabe muito bem por onde começar ou no que está errando.

_______________________________________________________________________________________________

Já usa algumas dessas dicas? Usou e quer nos contar o resultado? Deixe seu comentário aqui ou na fanpage e lembre-se que você pode nos acompanhar no facebook e no instagram!



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/dicas-tecnicas-para-te-ajudar-a-conquistar-uma-mulher/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Apesar do público do blog ser mais feminino, nós sabemos que temos muitos leitores homens e não custa nada dedicar uns posts a eles de vez em quando, né? Ainda mais quando o assunto é algo de utilidade pública e pode ajudar não só eles como muitas mulheres por aí…

Não há receita para fazer as mulheres sentirem interesse por você, já que cada uma tem sua personalidade e suas preferências individuais. Então não vou dizer o que vocês DEVEM fazer e sim o que devem evitar se quiserem demonstrar que estão interessados, de um jeito legal.

  • Não me toque!

hey-you

Essa frase geralmente é associada a frescura e arrogância mas: é sério! Quase nenhuma mulher que conheço curte quando está passando e um cara puxa pelo braço, pega no cabelo, segura na cintura em uma festa, por exemplo. Se você faz isso, pare! É a forma mais invasiva e desconfortável de ser abordada por um desconhecido! Isso não quer dizer que qualquer contato físico será mal visto, é mais uma questão de bom senso. Se você quer falar com uma garota que não conhece e der um toquezinho no ombro (cutucada da vida real) e falar “oi, tudo bem?” terá mais chances dela não te achar um abusado tarado, por exemplo.

  • Meça suas atitudes, parça!

tumblr_inline_ml1527a4Hj1qz4rgp

É quase uma continuação do anterior mas esse vai especialmente pra quem acha que tá arrasando na atitude mas na verdade tá pagando de folgado. É para aquele cara que vai dar os dois beijinhos (ou um só, se morar em SP haha) na garota ao se apresentar e tasca um na traaaaave. Se a garota tiver se interessado em você, TALVEZ ela não se sinta invadida e até encare com uma demonstração de atitude. Mas se ela não tinha te notado ainda e essa foi sua primeira abordagem, é bem capaz dela te achar meio abusado. Agora, se ela já não estiver tão interessada e você ainda fizer isso, suas chances irão de quase zero para negativas.

  • Cantada? Que original!

frankcreepEra engraçado quando você tinha 15 anos, né? Mas nenhuma mulher (adulta) vai se impressionar com sua habilidade de reproduzir cantadas ensaiadas ou clichês. Se forem bestas, ela pode te achar idiota. Se forem pesadas, pode te achar maníaco. Na melhor das hipóteses ela vai rir e, se você notar que não foi por pura educação, só nesse caso teria um gancho para desenvolver uma conversa melhor. Então se você não é um cara muito engraçado e desenvolto, cantada é cilada e pode ofender mais que chamar atenção. Já ouviu a história de algum pedreiro que falou “bom dia, princesa” ou “ê lá em casa!”contar sobre os encontros que conseguiu assim? Por que será, né?

  • Contar vantagem

anigif_enhanced-buzz-25607-1388962386-3 Se você já chega cantando vantagem, os alarmes femininos apitarão na certa! É sinal de pedância, ego inflado e outras coisas que ninguém admira. Dependendo do que a garota esteja procurando, PODE SER que ela não se importe com isso (sei lá, não sei o que se passa na cabeça de todas as mulheres, vai que!) mas é meio chato quando alguém sente tanta necessidade de auto-afirmação a ponto de tornar essa característica sua primeira impressão em alguém.

  • Se não sabe continuar, nem começa!

tumblr_ls32zdmhPF1r1ee8uo1_500 A boa e velha conversa é a melhor forma de conhecer alguém e descobrir se vocês tem interesses em comum, inclusive um no outro. Mas para funcionar você precisa ter mais que coragem para iniciar, deve saber MANTER a conversa ou o tiro sairá pela culatra e ela pode te achar sem atitude, chato, superficial e etc. É claro que as duas pessoas precisam estar interessadas no papo para ele fluir. Se você não consegue passar do “olá, tudo bem?” e insiste em puxar conversa, mesmo assim ou se ela não der brechas para o assunto se desenvolver e sempre responder de forma breve e etc, fica a dica: para, que tá chato e ela não está interessada.

  • Não te dei essas intimidades!

cjL8a Isso se encaixa no tópico de cantadas mas resolvi ressaltar aqui para deixar claro que intimidade se cria, não se força. Se você não tiver intimidade ou tiver acabado de conhecer uma garota e usar “oi, princesa”, “tudo bom, gata?”, “boa noite, gracinha!”, ela vai achar o que eu já disse lá no tópico 3. Pode até ser que uma ou outra ache bonitinho você usar um “baby”, “minha linda”(pqp!), etc mas também pode fazer ela achar que você é um conquistador barato que “diz isso pra todas”, o que provavelmente é verdade e se for o caso: melhore!

giphy

Agora uma dica para demonstrar interesse antes mesmo de tentar qualquer abordagem: olhe! Olhares dizem muito e se forem retribuídos, tem grandes chances de ser um sinal verde para uma aproximação! Então fique no campo de visão da garota, observe e leia os sinais! Se ela olhar várias vezes na sua direção, sorrir ou encarar é quase óbvio que tá interessada. Mas se ela desviar o olhar, ficar inquieta e estiver séria, melhor parar porque ela pode estar só incomodada, não interessada 😡

tumblr_ly26csdzTu1qmzkoao1_500 Pausa para inspiração. Pra ninguém dizer que não ajudamos vocês! Observem e aprendam!

tumblr_m7e876FXgJ1ryvicno1_500 Vale ressaltar que esse post é baseado na minha experiência pessoal, no que sei por observação e por conversas com amigas e conhecidas. Não há nenhuma verdade absoluta, não fiz nenhum estudo e isso não é um manual mas espero que ajude vocês a evitar algumas mancadas por aí.

Se você é homem, solteiro e não faz nada que foi citado nos tópicos: pa-ra-béns! Sério! Continue assim! Agora é reforçar a confiança, explorar seu charme pessoal -que independe de beleza, trabalhar a timidez -se for um empecilho- e boa sorte!

novas assinaturas-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/como-nao-chegar-em-uma-mulher/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




diy category image
27 de março de 2015

Inshallah, o DIY de hoje tem muito ouro! Não sei se todos lembram, mas as panjas já foram um tendência muito forte e consagrada há alguns anos no Brasil, na época em que a novela O Clone estava no ar e a protagonista Jade, interpretada pela Giovana Antonelli, usava vários modelos desse acessório.

0111

Jade – O Clone

Nessa época eu era criança, mas tinha várias panjas que eu mesma fazia com aqueles kits de miçangas e tererê haha! E agora eu vejo que essa moda está voltando, olha que incrível! Pesquisando, descobri que as panjas são usadas nas cerimônias de casamento, são, em sua maiorias, de ouro e pedras preciosas e simbolizam a ligação do casal como também a força e a energia da mulher para construir sua família. Esse acessório é um símbolo muito forte da cultura indiana que se espalhou pelo Oriente até chegar em Marrocos e outros países hindus e islâmicos.

25

Mãos da noiva para o casamento indiano.

Agora elas estão voltando junto com as tendências de Body Chains e tiara de correntes que são adoradas pelos Neo Hippies e adeptos do estilo boho. Já falamos muito, vamos por a mão na massa? Você vai precisar de:

  • 1 m de correntes finas;
  • 10 pingentes de moeda;
  • 15 argolinhas;
  • 1 fecho gancho;
  • Alicate.

material Passo 1: Divida a corrente em três tamanhos: um da circunferência do seu dedo, um com o comprimento do dedo ao punho e outro com a circunferência do tamanho do seu pulso. Esses tamanhos variam de acordo com o tamanho da sua mão. parte1 Passo 2: Com o alicate prenda as extremidades da corrente menor para formar o anel. Em seguida, prenda uma ponta da corrente do dorso da mão no meio do anel e a outra ponta no meio da corrente do pulso. passo2 Passo 3: Coloque uma argolinha no fecho e prenda em uma ponta da corrente do pulso. Em seguida, junte 5 argolinhas para e prenda na outra ponta. Ela servirá como regulador. passo3 Passo 4: Com o auxilio do alicate, prenda o pingente de moeda na corrente do dorso da mão. resultadoAre baba, muito fácil não é mesmo? Lembrando que você pode e deve colocar a imaginação para funcionar e fazer vários modelos. É só repetir os primeiros passos que formam a base e aplicar pedras, miçangas e pingentes coloridos. Espero que tenham gostado e se fizerem marquem a gente utilizando a hashtag #diychadasphynas. Ah!Acompanhem o Chá nas redes sociais. É só nos seguir: Facebook ♥ Instagram Beijos e queijos. novas-assinaturas-032



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/diy-panjas/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Dando sequência a essa categoria que estreamos com o post sobre o Bistrô Vieiralves (clica pra ler), hoje contarei minhas experiências em outro bistrô: o Crepe Bistrô – pra quem não leu o título hahaha.

Eu, uma designer humildona sem grandes posses, achava lindo o conceito do local e tinha curiosidade de conhecer mas morria de medo de “não ser pro meu bico” e, baseado no meu pouco conhecimento sobre a culinária francesa e as fotos que via no instagram pensava “vou sair de lá com fome! as porções são tão pequenas” (tenho certeza que esses pensamentos passaram pela cabeça de muitos, confirmem nos comentários se eu tiver adivinhado!). Então minha primeira experiência lá foi na comemoração do aniversário de uma das minhas irmãs, que seria bancado pela minha querida mãe – quando a gente vira adulto esses momentos de “paistrocínio” são raros e valorizados!

Pedimos o cardápio e eu, que nem sou fã de salada mas sou fã de coisas grátis, me empolguei ao ser informada que a salada que eu escolhesse seria servida como entrada antes do crepe que eu decidisse pedir – sim, eu ganharia a salada junto com o prato escolhido! Pedi uma que eles simpaticamente informaram em um parenteses do cardápio que era como um Caesar Salad e AMEI. Sério, comi toda a taça da salada! Já ganhou um ponto desde aí! Minha irmã pediu uma outra entrada do cardápio (não lembro nomes) e minha mãe pediu um vinho.

crepe bistro1

Logo em seguida escolhi um crepe que tinha como um dos ingredientes peito de peru, pois amo. Apesar de essa diferença não vir explicitada no cardápio, alguns crepes são abertos e outros servidos em formato de trouxinha. O meu era o segundo caso e, é sério, eu amei. Comi degustando cada pedaço, como a gente faz com aquele último tablete do chocolate preferido e, para meu espanto, quando acabei eu estava satisfeita!

Mas o lugar estava empenhado em me conquistar e fomos informados que às quartas-feiras havia uma promoção especial para as mulheres onde elas ganhavam uma sobremesa à seu critério. Só duas de nós pedimos pois as outras já estavam satisfeitas e resolvemos pedir sobremesas diferentes para experimentarmos duas opções. Adivinha se gostamos?

crepe parte2

A segunda vez fui comemorar o aniversário da minha melhor amiga e aí eu paguei a conta, foi presente! (viram como não sou mão de vaca?). Liguei dias antes para fazer reserva e fui muito bem atendida ao telefone, informei a ocasião e dei o nome dela pois já sabia que fariam uma plaquinha de parabéns personalizada. Quando chegamos lá a reserva não estava registrada mas expliquei a situação e o atendente prontamente providenciou uma plaquinha com o nome da minha amiga e nos informou que ganharíamos um mini espumante pela ocasião especial (amo quando me dão coisas, parem!). Não tivemos problema para achar mesa pois era cedo e não tinha muita gente.

Minha amiga gostou muito do atendimento e saímos satisfeitíssimas de um modo geral. Por conta disso e da experiência anterior, eu costumo recomendar o local quando me pedem dica de lugar para confraternização de grupos de amigas e principalmente para jantares românticos.

Fotos: Instragram @crepe_bistro

Fotos: Instragram @crepe_bistro

Pontos positivos: local aconchegante; atendimento excepcional, daqueles raríssimos na nossa cidade; funcionários educados e super interessados em lhe deixar satisfeito como cliente; o instagram do local é um exemplo maravilhoso de como se tratar clientes e lidar com crises (recomendo para estudantes de marketing, publicidade, relações públicas e de mídias sociais acompanhar @crepe_bistro); tratamento personalizado; a inspiração francesa ultrapassa o nome, está na decoração, nas paredes, no clima e até nos funcionários – na época dois falavam francês, inclusive um deles era o segurança e eu achei isso sensacional pois vi turistas franceses no local, podendo ter uma experiência tão boa quanto a minha tão longe de suas casas!;

Pontos negativos: não posso ir toda semana nem me mudar para lá; quero que me contratem como designer mas sou tímida e não tenho coragem de me oferecer mas deixo aqui o registro que já comecei as aulas de francês 😀 agora sério: o valor não é barato! então se você acha muito caro pagar uns R$80 (+/-) num jantar a dois, talvez deva ir só em ocasiões especiais e eu não te julgarei por isso; na segunda vez que fui fiz reserva para o almoço pelo telefone e ao chegar lá meu nome não estava na lista de reservas mas eu tenho até pena de citar isso aqui porque o moço que me atendeu foi tão educado e rápido na hora de contornar a situação e me colocar numa boa mesa que eu relevei na hora!; o horário de almoço costuma ser mais tranquilo mas durante a noite é comum o local estar lotado e você ficar frustrado por ter que esperar, caso não tenha feito reserva (façam reserva!).

E aí, você já foi lá? Conta pra mim sua experiência! E quem não foi, ficou com vontade? Matou alguma curiosidade com esse post? Espero que estejam gostando dessa nova categoria do blog! E para nos acompanhar no facebook e no instagram é só clicar aí nos nomes e curtir/seguir!

novas assinaturas-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/crepe-bistro/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Ainda nem tinha me recuperado do sol de domingo e já tinha polêmica rolando na internet na manhã da segunda. Eu soube dessa pelo twitter – tudo chega primeiro lá! – e fui me informar sobre através do post da maravilhosa Julia Petit que encontrei nos tópicos relacionados ao assunto.

10431559_896448993744546_8473620421290005665_n

Resumo da ópera: a Risqué lançou uma linha de esmaltes e como estavam meio sem ideia para essa coleção (só pode!) seus publicitários resolveram inovar dando um tiro no pé da empresa (risos) e fazendo “Um tributo aos pequenos gestos diários dos homens” nos nomes de cada esmalte, pois assim estariam “unindo dois dos assuntos queridinhos das mulheres, homens e esmaltes”. O nome da coleção é “Homens que amamos” e os nomes dos esmaltes são: “André fez o jantar”, “Zeca chamou para sair”, “Fê mandou mensagem”, “Guto fez o pedido” e “João disse eu te amo”.

MELHOR IMAGEM! Ilustra bem o nível de noção que a campanha expressa! (não sei a autora mas parabéns)

MELHOR IMAGEM! Ilustra bem o nível de noção que a campanha expressa! (não sei a autora!)

Acontece que muita gente ficou revoltada de ver pequenos gestos masculinos recebendo tributo como se fossem grandes favores às mulheres. Tem tanta mulher fazendo coisas tão mais incríveis que “o jantar” e mereceriam créditos por isso… mas outras pessoas acharam exagerada a reação das mulheres e simpatizantes “por causa de nome de esmalte”. Então serei didática a seguir!

ris1

Vamos por partes? VAMOS! Qual era o produto? Esmaltes. Quem usa esmalte, geralmente? Mulheres (e algumas nem curtem homem, vale lembrar!). Então qual sexo a empresa deveria homenagear caso quisesse agradar seu público? HOMENS…não, pera! Quem teve essa ideia?! Se a empresa quisesse agradar seu público-alvo deveria nomear sua linha com “Maria cria os filhos sozinha”, “Joana abriu seu próprio negócio”, “Creuza bateu um recorde olímpico”. Melhor ainda se usasse mulheres reais como inspiração! (já fiz uma consultoria e dei um monte de ideia pra Risqué de graça aqui, hein?). A Granado já fez uma coleção inspirada em grandes escritoras que hoje foi lembrada como bom exemplo a seguir!

ris2

Outras ideias de nomes para a linha da Risquè #ironia

André fez o jantar porque todo mundo precisa comer e isso devia ser algo que os 2 fazem seja por “surpresa” ou obrigação! Fê mandou mensagem porque é assim que a gente mostra interesse em alguém independente do sexo. Guto pediu fulana em casamento porque a gente acha que ele a ama e não que pensa que isso é um favor que está fazendo a ela. João disse eu te amo porque a gente espera que ele esteja apaixonado e não há NADA errado nem surreal em um homem expressar o que sente, ok? Express yourself! Não é “coisa de mulherzinha”, é coisa de gente.

Depois de ver todo esse bafafá e lembrado do fiasco da Skol nesse carnaval eu mesma me peguei pensando: “nossa, os publicitários devem estar morrendo de medo de criar qualquer coisa e ofender as mulheres, agora!” mas prontamente me corrigi mentalmente com um “QUE BOM, NÉ?”. Que bom se eles passarem a se preocupar em não minimizar, objetificar (não aguento mais mulher sendo resumida a bunda, peito e burrice em comercial de cerveja) e limitar as mulheres (porque a gente só pensa em macho e esmalte, né Risqué?) nem que seja por medo!

Fiz questão de reunir os melhores tuites zoando a publicidade da marca, postados com a hashtag #homensrisque só para ilustrar esse post com um pouco de humor! Obrigada internet por mais um episódio de “aqui não, meu filho!” e pela bela aula de que mancadas não passarão batidas porque “the zueira never ends” e quando o assunto é sério a gente transforma em ironia só pra explicitar ainda mais o absurdo! Não passarão!

Gostou do post? Nos curta no facebook e siga no instagram para acompanhar mais coisas ou procure pela tag #opinião aqui no blog que está recheada de posts com nossa visão sobre temas polêmicos.

novas assinaturas-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/opiniao-mancada-da-semana/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Faz tempo que queria inaugurar essa categoria aqui no blog, falando sobre lugares da cidade, dando nossa opinião e contando nossa experiência por lá… então resolvi tirar do papel, caçar as fotos no celular e botar essa ideia em prática falando sobre o Bistrô Vieralves.

Muita gente tem receio de ir a bistrôs aqui por pensar que os preços são inacessíveis, mas originalmente “bistrô” é o nome dado a pequenos restaurantes e barzinhos franceses que oferecem um cardápio reduzido, de pratos pequenos a preços acessíveis em um ambiente reduzido mas aconchegante. Esse “quê” de comida super sofisticada, gourmetizada e cara é muito mais o “toque brasileiro” dado a eles.

imagem 1

Quando fui pela primeira vez ao Bistrô Vieiralves me supreendi com os valores. Os pratos são à la carte, individuais e os preços variavam de R$25 a $40. Ou seja, dava para comer bem, um bom prato + bebida e pagar cerca de R$30/35 no total. Eu pedi o filé de frango acompanhado de arroz branco, farofa de flocos de milho e batata gratinada, e a minha amiga pediu o medalhão de filé mignon com risoto de queijo parmesão e gorgonzola acompanhado de redução de vinho tinto e especiarias.

Para sobremesa pedi Petit Gateau e ela Cheescake de frutas vermelhas. Meu petit tava uma maravilha mas lembro de ela reclamar de sentir o gosto de apenas uma fruta vermelha no dela (isso que dá recusar um bom Petit Gateau!!)

imagem 2

Na segunda vez que fui, esse mês (já em 2015), o cardápio havia mudado, acrescentaram umas entradas que eu não lembro de haver no antigo mas os valores permaneceram os mesmos, aparentemente. Eu pedi o mesmo prato da vez anterior e convenci minha amiga a prová-lo também porque minha memória afetiva guardava ótimas lembranças da primeira experiência com esse filé de frango ao molho laranja!

Pontos positivos: os pratos te deixam realmente satisfeita(o); há pratos no menu com bons ingredientes e a um preço bem acessível; o atendimento é bom e os funcionários discretos e simpáticos; o local é bem iluminado, refrigerado, aconchegante e perfeito para fugir do stress da semana e almoçar com tranquilidade ou para levar amigas para uma boa conversa, já que é super intimista e acolhedor.

Pontos negativos: há uma diferença grande nos valores de pratos com carne vermelha (R$20 mais caros); só abre para almoço – 11h às 15h em dias de semana e 11 as 16h no fim de semana; se você chegar tarde corre o risco de já terem acabado algumas sobremesas ou sucos do cardápio e se estiver lotado talvez você precise ter um pouco de paciência na espera pelos pratos, já que são elaborados; Mas nada que estrague a experiência agradável do local e o sabor da comida.

Fotos extraídas do instagram @bistrovieiralves

Fotos extraídas do instagram @bistrovieiralves

Esse bistrô fica no Shopping dos Containers (onde tem o 80’s Burguer!), vindo pelo Maceió você entra à direita no sentido Parque do Idoso e já verá o shopping, quase de esquina. Em resumo, é um lugar que eu gostei bastante de conhecer, voltei e pretendo voltar mais vezes. Espero ter tirado algumas dúvidas de quem ainda não foi e dado uma ideia nova para quem conhecer lugares diferentes na cidade mas ainda não tinha ido nesse!

Tem lugares legais para indicar? Comentá aqui embaixo ou no nosso Faceboook Instagram.

novas assinaturas-01



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/bistro-vieiralves/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




dicas-2 category image
18 de março de 2015

Em tempos de manifestações, pedido de Impeachment da presidente e grupos clamando por uma intervenção militar ou até mesmo a volta da ditadura como solução para os problemas do país, achamos estar na hora de todo mundo discutir um pouco sobre história e política, inclusive aqui!

Por isso hoje viemos divulgar o projeto “Cinema Pela Verdade”, realizado Pelo Instituto Cultura em Movimento (ICEM), em parceria com o BNDES e apoio da Comissão da Anistia do Ministério da Justiça que capacitou 27 estudantes do Brasil inteiro a promoverem em suas cidades natais cine-debates sobre a Ditadura Civil-Militar no Brasil. A representante do Amazonas esse ano é a Anna Beatriz Nobre (irmã da Nâna *-*) e ela nos explicou direitinho como funcionará o projeto aqui.

10271563_937516689626933_1519356259237708783_n

As exibições dos filmes serão gratuitas e abertas ao público e após as sessões serão promovidos debates com acadêmicos, pesquisadores, ex-presos políticos, pessoas ligadas a movimentos sociais, culturais ou de direitos humanos. Confira as datas e locais de exibição acertados até então então, em Manaus:

Dia: 25/03 | Hora: 18h | Local: Escola Normal Superior – UEA | Filme: Em busca de Iara Dia: 30/03 | Hora: 18h | Local: Escola de Artes e Turismo – UEA | Filme: 500 – Os bebes roubados pela ditadura argentina Dia: 17/04 | Hora: 13h | Local: Escola Estadual Altair Severiano Nunes | Filme: Democracia em Preto e Branco

filmes

Não colocamos aqui a sinopse de cada filme porque o post ficaria muito extenso mas elas são faceis de encontrar na internet e vale a pena dar uma olhada! “Em 2015, o Brasil comemora 30 anos de volta à democracia, mas as marcas de 20 anos de ditadura civil-militar não devem ficar esquecidas.”(trecho do release oficial do projeto). Convida os amigos, chama o(a) namorado(a) e vamos aproveitar essa chance gratuita e organizada de conhecer um pouco mais sobre a história do nosso país, para sabermos do que estamos falando, aonde queremos chegar e o que não queremos repetir. Deixamos abaixo a sinopse de cada um dos filmes da mostra.

Beijos pra vocês que são gente phyna!



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/dica-cinema-pela-verdade/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Eu sempre adorei todas as idéias de decoração que via no Pinterest com garrafas de vidro. Aliás eu as acho um material excelente e super versátil, além do vidro ser um material duradouro e bonito, as garrafas de vidro são algo que todo mundo tem(/teve) em casa, né? Fora a oportunidade de fazer um DIY e já reciclar algo, olha que tudo!

Geral toma um suco, um refri, uma cerveja que seja e sempre sobram as garrafas de vidro, né? Em aniversário e comemorações, então! Sobra aquele monte de garrafinhas de longneck, né mesmo, seus pinguço? Fora os apreciadores de vinho (me incluo nessa categoria, cheers!) que devem guardar várias hehehe 😛

Pois bem, uma amiga minha usou pra decorar o seu casamento (prometo fazer um post sobre decoração de casamento com DIY! #promessas #2015) garrafas com flores e eu simplesmente adorei e resolvi fazer algo parecido pra decorar meu novo quartinho!

Quem me conhece sabe que eu sou uma pessoa de gostos simples, sou bem básica e adoro coisas em tons neutros, e claro que em decoração não podia ser diferente. Resolvi usar uma garrafa de vidro e decorar de modo rústico, mas meigo ao mesmo tempo. Pra isso precisei de:

– Garrafas de vidro (usei uma de vinho e uma longneck nesse post);
Fio de Sisal grosso (encontra fácil em armarinho, vende por m);
– Cola branca;
– Água;
– Cola quente (opcional).
materiais

O procedimento é simples, porém é bom ter uma atençãozinha extra. Pra quem não tem um cartel de sisal, recomendo que meça mais ou menos quanto de fio irá ser utilizado, simplesmente enrolando o fio na garrafa até o final para saber a quantidade de fio. Quem tem uma quantidade maior ou o cartel, não precisa (só se quiser, be free hehe).

Ó só, dica: eu sempre faço a maior lambança com cola, daí pra esse tutorial eu forrei uma folha de jornal pra minimizar ~lambanças.
Fotor_142434337785347

É basicamente assim: você terá que enrolar o fio na garrafa e ir colando aos poucos. Dica: comece pela boca da garrafa! Mais fácil pra segurar o fio inicial com um truque das Índias: coloque o fio pra dentro da garrafa e tampe pra evitar que fique saindo toda hora ^.^

Após isso vá umedecendo com água a parte da garrafa que irá colar (com os dedos, mesmo, bem pouquinho, só pra umedecer. Não é pra tacar água e molhar tudo, mana!). Daí coloque a cola no vidro, espalhe com o dedo e vá enrolando o fio. Tome cuidado com a parte já feita da garrafa para que não desarrume ou tire a forma que você colocou, porque como a cola ainda estará mole ela fica bem maleável ainda. E eu como uma boa virginiana tenho t.o.c. se o fio não tiver formando linhas retas haha.
Fotor_142434367784674Depois de terminar de enrolar o fio em toda garrafa eu ainda umedeci um pouco o fio já enrolado na garrafa e passei um pouco de cola em cima, pra que o fio ficasse bem fixo. Depois é só cortar o fio (pra quem tiver usando cartel/rolo), e deixar a pontinha embaixo da garrafa, com a garrafa em pé para segurar o fio enquanto seca (viu como é melhor começar da boca da garrafa? hehe).
Fotor_142434376340187

Deixe secar por algumas horas. O ideal é deixar de um dia pro outro para que seque bastante. Daí depois disso, se ainda tiver saindo os fiozinhos de início e término é só colá-los novamente com cola branca e esperar mais algumas horas secar, ou (opção mais rápida) colar só as pontinhas com um pouco de cola quente. Cuide para usar bem pouco pois a cola quente fica meio esbranquiçada quando seca e dá pra ver, daí é bom que seja só uma gotinha pra segurar a ponta do fio, mesmo, visse?
Fotor_142615323932843 E é isso! Olha como ficou uma fofura! Usei umas flores de tecido que a mãe de uma amiga fez pro casório dela <3
Fica ou não fica lindo e ao mesmo tempo simples essa decoração? Eu fiz esse tutorial com fio de sisal, mas você pode adaptar e fazer com fio de lã que fica lindo também e dá pra colocar mais cores, pra quem gosta, e fica menos rústico. Use sua imaginação e adapte ao seu gosto :)

resultado

Tenta fazer aí e conta pra gente lá nas redes sociais, vai! Comenta no nosso Faceboook Instagram.

Beijos! C ya :*
novas assinaturas - nath-04



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/diy-garrafas-1/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Finalmente saiu o resultado do Correspondente Secreta Kipling de boas vindas às novas correspondentes. Wee! Eu sei que tinha muita gente curiosa para saber quem eu tirei. Será que vocês descobriram? Olha aqui!

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=QdI6vcaRHKk] Quem me tirou foi a Mari do Good News Every Day e como eu fiquei feliz por ela ter me tirado!! A Mari é uma queridona, nos identificamos pelo nome muito rápido. Nunca ia imaginar que fosse ela porque não deu nenhuma pista quando conversávamos e eu nem percebia que estava dando várias dicas dos presentes haha!

Ela me deu a bolsa Delphin NSS, uma agenda e a mascotinha An ♥

IMG_2156 A Delphin era um dos itens da minha wishlist que eu mais queria. Ela tem uma textura de bolinhas muito amor, detalhes em dourado e um tamanho ideal para quando quero levar pouca coisa na bolsa. Estou simplesmente apaixonada por ela ♥ ScreenHunter_01 Mar. 12 08.40

Como eu disse antes, a Mari foi muito esperta.  Ela prestou atenção em casa coisinha que eu falava e acertou em cheio quando escolheu essa agenda. Para quem não sabe, estou concluindo a faculdade de Design e em terra de TCC, ter organização é um tanto quando difícil. Sem dúvidas esse presente veio em boa hora e será super útil.

IMG_2149

Minha mais nova mascotinha, An ♥ É uma fêmea muito fofa. Para quem não sabe os macaquinhos maiores são machos e as menores são fêmeas e todos tem um nome nas suas etiquetas!

Obrigada a todo mundo que acompanhou a brincadeira, parabéns e sejam muito bem vindas novas correspondentes e muuuuito obrigada Kipling! Fazer parte dessa equipe linda sem dúvidas é uma experiência incrível.

Querem saber mais? Acompanhem o Chá nas redes sociais. É só nos seguir: Facebook ♥ Instagram

Beijos e queijos.

novas-assinaturas-032



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/correspondente-secreta-kipling-3-o-resultado/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Quem aí sofre com cabelos oleosos, como eu, levanta a mão? o/ o/ o/
Quem precisa lavar o cabelo todo dia porque sua demais? o/ o/ o/

Pois é, meu cabelo nunca foi lá muito oleoso, mas como eu moro em Manaus Hell City onde, aparentemente, temos uns 5 sóis emanando calor pra gente, eu acabo suando muito e o cabelo fica oleoso, sobretudo na raiz, mesmo eu tendo lavado no mesmo dia (socorro!).

Bom, se você se identificou com tudo o que eu disse até agora, migs, tenho uma dica pra você: dry shampoo.

Sim, o não tão famoso shampoo a seco que, olha, tem sido minha salvação nos dias corridos que preciso ir do trabalho direto pra algum outro lugar/compromisso ou para algum happy hour (hehe) e não daria tempo de passar em casa, lavar o cabelo, secar, etc.

Ele é um senhor quebra-galhos pra diminuir consideravelmente a oleosidade do cabelo e deixá-lo mais solto e sequinho.
Obviamente não substitui uma lavagem e secagem, maaaas como disse, em emergências e ocasiões que não tem jeito, dá uma boa ajuda. Eu já deixo um na bolsa para essas emergências!

image

Mas antes de vocês saírem por aí descobrindo as glórias do shampoo a seco, tenho umas dicas.

1) Quanto à aplicação – Evite aplicar muito perto da raiz/cabelo. Respeite a distância de uns 10 cm do cabelo pra evitar que o produto se concentre em grande quantidade em um único ponto. Ah, e logo que você aplica tem a sensação de umidade no cabelo, mas calma, mana! Não se desespere, é assim mesmo! :p logo em seguida ele seca e magicamente “leva” a umidade. It’s magical!!!

2) Quanto à quantidade a ser aplicada – Evite aplicar uma quantidade muito grande, principalmente em um ponto só, pra não correr o perigo de fazer o inverso do que queremos, de ficar pesado em um ponto só. Queremos cabelo sequinho e com volume bom, logo, ~tacar uma quantidade grande de produto não faz muito sentido, néan?

3) Cor – Alguns dry shampoos tem uma coloração esbranquiçada logo que é aplicado, também não se desespere, logo que ele seca desaparece. Isso também é influenciado pela quantidade aplicada do produto. Normalmente quando aplicamos muito que ele fica com essa ‘coloração’ mais forte. Mas a maioria é ~transparente~ mesmo.

NÃO, ainda não estou grisalha, essa foto é pra mostrar a aplicação do produto e pra vcs ficarem calmas se o que vocês comprarem na aplicação ficar branco: é normal, manas! Keep calm and espere secar :)

NÃO, ainda não estou grisalha, essa foto é pra mostrar a aplicação do produto e pra vcs ficarem calmas se o que vocês comprarem na aplicação ficar branco: é normal, manas! Keep calm and espere secar :)

Prestenção na foto, que embora com uma qualidade não muito boa (desculpinha, gente, tava apressada!) acho que dá pra perceber o oleosidade na primeira foto (o antes) e como o cabelo fica mais sequinho (depois). E ainda apliquei um que fica branco pra vocês não criarem pânico. Lembrem-se que a ideia do dry shampoo vem desde a época da vovó com talco na cabeça (farinha do mesmo saco, com nome mais bonito).

Bom, é isso. Quando não tem opção me sinto melhor com o cabelo mais sequinho com o auxílio do shampoo a seco.
Claro que existem diferenças entre marcas (como tudo na vida), e infelizmente aqui em Manaus Hell City não temos muitas opções. Sempre que surge uma oportunidade eu peço pra uma amiga trazer de Sampa ou dos States alguma marca diferente pra mim, mas enquanto isso, no dia a dia, sobrevivo com as que vendem por aqui mesmo ou compro pela internet.

Experimentem a dica e nos contem depois como foi e se gostaram! Fala pra gente pelo Facebook e/ou Instagram

C ya! :*
novas assinaturas-04



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/dica-dry-shampoo/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!