Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


É comum todo mês as pessoas depositarem suas esperanças nos próximos dias e esperarem que aquele mês seja maravilhoso, traga sorte, surpreenda e blablabla mas eu não aguentava mais ler esses posts de tumblr (ilustrados abaixo) espalhado em todas as redes sociais possíveis! (#sincera) Acontece que meses e dias são coisas inanimadas e sem vontade própria, ao contrário de nós, então porque ESPERAR passivamente que eles sejam ótimos em vez de fazer VOCÊ mesmo eles serem?

meses

Então resolvi criar um projeto pessoal que batizei de “1 mês incrível”. Era uma ideia simples, mas ambiciosa: fazer uma coisa legal, diferente, inusitada ou interessante por dia. Todo dia postaria uma foto no instagram usando a hashtag #1mesincrivel seguindo a ideia, assim eu me condicionaria a cumprí-la até o fim. As vezes esquecia de colocar a hashtag. O importante era fazer algo diferente por dia! A hashtag serviria mais para poder acompanhar depois as postagens do mês.

1 mes incrivel-01

É claro que ter viajado para um lugar que sempre quis conhecer (Florianópolis) ajudou meu mês de novembro ser incrível. Mas eu me empenhei! Tive a oportunidade de andar de tirolesa pela primeira vez, quis recusar mas engoli meu medo de altura e encarei! Também encarei meu medo de dirigir (que deixou de ser pânico mas ainda tenho) e fui de carro resolver um problema no banco, sem pedir carona! Criei um instagram, uma fanpage e um tumblr para publicar desenhos e frases que já postava no meu instagram pessoal (valeu o incentivo Rafaela, Mari e Rafael). Aceitei o convite para uma aula experimental de tecido circense, me apaixonei e virei aluna (farei um post contando tudo sobre isso).

sua vez-01

O que eu quero mostrar pra vocês nesse último dia do ano e início de outro é que você pode fazer várias resoluções de ano novo… mas você também pode criar pequenas alegrias diarimente, semanalmente ou mensalmente para que 2015 seja um ano incrível. É claro, shit happens, algumas coisas independem da nossa vontade e coisa e tal mas a gente sempre pode escolher como lidar com elas e, acima de tudo, nós somos os grandes responsáveis pela nossa felicidade.

Se quiserem conferir os outros posts no meu instagram é só procurar pela hashtag #1mesincrivel na lupa. Incrivelmente eu sou a única pessoa que usou essa hashtag no ano passado. Espero que no próximo, quando eu for procurar por ela, eu encontre fotos e histórias de vocês :)

janeiro sera-01

Desejo que esse post inspire vocês! E que janeiro, fevereiro, março e o resto de 2015 seja maravilhoso e a gente possa falar no final: a “culpa” foi minha! Bora lá tomar as rédeas dos nossos dias e semanas e mudar essa mania de esperar passivamente que tudo dê certo ;D Feliz Ano Novo, minha gente!

novas assinaturas-nana





diy category image
26 de dezembro de 2014

Sabe aquela camisa social surrada, furada, manchada, que foi do seu pai, irmão ou do ex? (ninguém mandou deixar comigo!). Hora de dar vida nova, linda e longa à ela, porque “Nada se perde, tudo se transforma!”. Para esse tutorial você precisará de:

– Camisa social velha; – Tesoura que corte bem tecido; – Agulha e linha da cor da camisa: – Pedrarias, miçangas ou pérolas; – E paciência, meus queridos! hahaha

passo 1 camisa

Primeiro passo: Levante a gola da camisa, esticando toda a parte dobrável para cima. Assim você terá uma visão melhor do limite da costura que une a gola à camisa. Segundo passo: cortar rente à essa costura. Não é para cortar em cima da costura, se não ela desmancha, gente! Corte bem no limite entre o tecido da camisa e o início da gola.

 passo 2 camisa

Pronto. Já foi metade do tutorial! Agora é o terceiro e mais longo passo: a customização! Quem me conhece sabe que eu sou tão boa com costura quanto sou com cozinha (ou seja: nem um pouco) mas aprendi o suficiente para costurar alguns tutoriais para o blog e vou mostrar aqui como faço. Não tem mistério, se eu consigo, qualquer um consegue!

Corte um pedaço grande de linha. O suficiente para passar pela agulha e puxar, deixando dois lados do mesmo comprimento. Dê um nó na pontinha, unindo esses dois lados iguais de linha. Fure o local onde pretende começar a aplicar as pedras/miçangas/pérolas na camisa. Dica: na primeira vez furte de cima para baixo, assim o nozinho que você fez ficará na parte de cima e não roçará no seu pescoço por baixo 😉 Passando a agulha, agora de baixo (da gola) para cima, você coloca sobre a agulha a primeira pedra e puxa a agulha para cima, esticando a linha. Em seguida você enfiará a agulha de cima para baixo num lugar bem próximo ao local que você acabou de furar. Assim a pedra ficará mais firme e bem presa. Puxe toda a agulha, esticando bem a linha para baixo.

 passo 3 camisa

E agora é só repetir o processo. Enfiando a agulha de baixo para cima, encaixando o buraquinho da pedra na agulha, puxando a agulha/linha toda para cima e em seguida enfiando novamente rente ao furo inicial, para a parte debaixo da gola. Eu apliquei primeiro as pedras azuis, enfiando a agulha em lugares espaçados e não lado a lado. Em seguida completei com as pérolas, fazendo o mesmo, de modo alternado e bem espaçado. Não queria nada regular e certinho. Não precisa se preocupar com o local que vai furar, simetria e essas coisas porque ninguém vai ver a parte de baixo da gola e a zona de linhas cruzadas que você deixará lá hahaha

passo final camisa

Gostou da ideia mas não se anima de costurar? RELAX! Dá para fazer várias outras coisas para customizar sua gola. Você pode usar cola de tecido para colar renda nas pontas da sua gola. Pode prender essas pontinhas metálicas que você encontra em armarinhos e criar um look mais discreto. Pode colocar spikes e tachinhas. Pode colar duas fitas de cetim de cada lado e fazer lacinho na frente. Ou até mesmo colocar um broche para prender ao meio. Pode tudo!

exemplos

Já usei a minha gola customizada e ela foi super aprovada. As pessoas até achavam que eu tinha comprado e duvidaram que eu mesma tivesse feito – imagine se eu costurasse bem e não fosse tão preguiçosa a ponto de deixar espaços vazios na minha..

IMG-20141223-WA0000

Como a minha tinha pérolas, eu usei junto com um colar de duas voltas de pérolas que eu tenho, para dar um efeito mais arrumadinho. Fica ótimo com blusas de gola mais alta ou com blusas sociais, pois você pode usar essa gola como uma segunda gola, abaixo da outra da sua camisa. O efeito de gola dupla deixará seu visual bem original. Para as mais ousadas, também é possível usar essa gola com camisetas decotadas, regatas, camisas de alcinha. É só usar a criatividade!

 novas assinaturas-nana





na-cozinha-com-o-cha-2 category image
19 de dezembro de 2014

Bom, a receitinha de hoje foi fruto de navegações no Pinterest e adaptações minhas hehe. É basicamente auto-intuitivo o título e a receita mesmo!
Inicialmente fiz esse prato pra ser tipo uma salada de legumes cozidos/ao forno, mas eu achei tão completa e saborosa que virou meu prato principal das refeições quando eu a faço. Normalmente faço arroz integral ou macarrão pra acompanhar.
Os ingredientes são bem variáveis, mas vou passar a receita das fotos pra vocês.

Separem os ingredientes:
A tríade: tomate + cebola + pimentão (1 grande e inteiro de cada, só a cebola que coloquei meia)
1 Berinjela grande (amor eterno, amor verdadeiro! amo de paixão)

Dica phyna-> Nessa receita da foto coloquei só berinjela, de legume, mas normalmente coloco mais como cenouras, abóbora, vagem, batata inglesa, batata doce, couve flor. Esses são os que eu uso com maior frequência, mas vocês podem experimentar com outros! :}

Tempero:
– 1/3 de uma caixinha de creme de leite light;
– Um pouco de cebola e pimentão;
– Umas 5 unidades de pimenta biquinho <3
– Uma pitada de sal e de ervas finas e outra pitada de curry;

Finalização: Linhaça, queijo ralado e azeite a gosto.

Preparo: Fatie os ingredientes em rodelas. Para o tomate, cebola e o pimentão eu usei um processador que tenho em casa, mas pra berinjela preferi cortar a mão mesmo pra ficar com fatias mais grossinhas, mais ou menos de um dedo de espessura (lembrando que tenho uma mão de uma criança haha).

foto 1

Observação: Gente, normalmente eu uso o processador para que os legumes fiquem com fatias da mesma espessura e mais finas e o tempo no forno seja menor (normalmente cozinho à noite, cansada, então quanto mais rápido melhor hahaha).

foto 2

Bata os ingredientes do tempero no liquidificador, até formar um creme e reserve.
Em um recipiente de vidro (eu prefiro usar um recipiente menor e mais alto para fazer as camadas!) unte com um fio de azeite, e comece a colocar as camadas de legumes.
Primeiramente a berinjela (que é mais consistente), depois vá colocando as camadas de tomate, cebola, pimentão, e qualquer outro legume que tenha escolhido. Repita as camadas até que o recipiente esteja completo (ou até que tenha acabado os ingredientes reservados hehehe).

foto 3

Jogue devagar por cima da camada final o creme de temperos preparados. Vá colocando devagar e bastante nas bordas da forma para que o tempero escorra das laterais para o fundo, para temperar melhor.
Há quem prefira colocar um pouco de tempero a cada camada de legumes, mas eu prefiro só com uma camada final, pois eu acho que mais de uma camada de tempero acaba “roubando” o sabor dos legumes (enjoeira minha, rs).

foto 4

Após colocar o creme de temperos, jogue um pouco de queijo ralado por cima, e posteriormente umas 2, 3 colheres de sobremesa de linhaça por cima, em seguida quem quiser pode colocar mais um fio de azeite.

Pronto, feito isso é só colocar no forno em fogo médio por uns 20 min e está pronto seu mix de legumes ao forno! Experimentem fazer em casa misturando vários legumes diferentes e nos contem se gostaram da receita!

Beijos!

novas assinaturas - nath-04





Hey Phynas!

Qual mulher não gosta de ter as unhas fortes e bonitas, não é? Bem, as minhas estavam um desastre e começaram a me incomodar muito pois ao invés de quebrarem e ficarem curtinhas ela descamavam e ficavam super finas. Chegavam a furar quando batiam em algum lugar e quando o esmalte descascava saia um pedacinho delas junto.

Há mais ou menos uns 6 meses resolvi cuidar melhor das minhas e obtive um resultado tão bom que vim compartilhar com vocês!

#1

O primeiro produto é a Polpa Hidrante para Mãos e Unhas Castanha da Natura Ekos. Além de hidratar as mãos, ele também hidrata as unhas e o cheiro é ótimo. Ele ganhou meu coração porque é bem consistente (detesto hidratante melequento), parece uma pomada mesmo e sem dúvidas mantém a mão hidratada evitando que fiquem aqueles courinhos ressecados ao redor das unhas que tem o poder de tirar nossa atenção e nos deixar tentados a puxá-los quebrando a lateral da unha.

#2

O segundo produto é a Cera Nutritiva para Unhas e Cutículas da Granado Pink. Vi uma amiga (obrigada Anayra) passando um produto nas unhas e já fiquei encantada com a embalagem. Não resisti à curiosidade e fiz logo um interrogatório: O que é? Como usa? Onde compra? Já quero! Ela é um cera vegetal de cereais associados ao leite de aveia com silicones. Sem dúvidas essa cera  deixa a unha e cutícula hidratada e com brilho. Quando fico sem usar sinto logo a diferença. Minhas cutículas que eram muito muito finas e sempre arrepiavam causando aquela dorzinha chata, agora são coisa do passado!

#3

O terceiro e não menos importante é a Base Fortilon Recuperados com Queratina. Recebi a indicação desse produto da manicure mais linda de Macaé, Gil Almeida quando fui na Passarela Esmalteria (para ver o post, clique aqui!). Eu não dava nada por ele, me surpreendeu bastante. A queratina age na fibra de sustentação da unha reestruturando a base de crescimento, fazendo com que a unha cresça forte e saudável. Depois de utilizá-la, minha unha realmente cresceu, ela nunca passava da ponta dos dedos.

chamada unhas

Outra dica super importante para quem quer ter unhas bonitas é beber bastante água e ter uma alimentação equilibrada.

Espero que a dica de hoje funcione com vocês e as deixem com unhas lindas. Se vocês tiverem outros produtos ou dicas para fortalecer as unhas conta pra gente no facebook, no instagram ou aqui mesmo nos comentários.

Beijos e queijos!

ps. Esse post não é publi, todas a informações passadas foram vivências por quem escreveu.

novas assinaturas-mari





Hey phynas!

Sempre me perguntam qual a mágica que eu faço para ficar com os cílios grandes sem usar cílios postiços (sou uma droga colando eles). Não tem mistérios nenhum, claro que tenho alguns cuidados e truques na hora de passar a máscara e são eles que vou contar para vocês, olha só!

chamada cilios

Truques da Mari para ficar com os cílios grandes

1. Hidratar bem os cílios o pelo dos cílios é como qualquer outro do corpo. Se você quer que ele cresça forte e saudável, precisa de nutrientes. Sempre que vou fazer hidratação caseira no cabelo, passo um pouquinho da máscara que uso sobre os cílios, de olhos bem fechados. Lembrando que a máscara não é para ser usada perto dos olhos, mas faço isso e nunca tive problemas. Para quem não quer arriscar, existem alguns óleos específicos para hidratação dos cílios.

2. Usar o curvex somente com os cílios limpos – depois da máscara seca, apertar os cílios pode quebrá-los e consequentemente encurtá-los. Ou seja, se tiver que usar o curvex, faça somente antes de aplicar a máscara. Geralmente utilizo o curvex em duas fases: 1º na raiz dos cílios, segurando uns 15 segundos e curvando para cima mas sem puxar plmdds! 2º no meio dos cílios, curvando em direção às pálpebras.

3. Não usar produto fora da validade – não dá nem para pensar em usar uma máscara com cheiro estranho ou usar a mesma borrachinha do curvex por anos a fio. Fazer um esforço e praticar o desapego é sempre bom. Máscaras com cheiro forte podem ter vencido, o que pode fazer um mal danado para os cílios e para os olhos.

4. Não utilizar máscaras para cílios a prova d’água –  usar máscaras à prova d’água nunca esteve na minha rotina. Não gosto de usar nenhuma que dê muito trabalho para limpar. Além do mais, como a remoção dessas máscaras é mais difícil pode sobrar resíduos que com o tempo enfraquecem e quebram o pelo. A máscara que costumo usar é a Tha Falsies Volum Express, da Maybelline.

5. Aplicar 3 camadas de máscaras – para ficar com os cílios gigantes tem que ter muita máscara! Passo uma camada, pego mais produto, passo mais vez. Vou para o outro olho, faço a mesma coisa, espero secar e passo mais uma depois de seco.

6. Dançar com o píncel – não basta aplicar a máscara de qualquer jeito, tem que aplicar bem para não ficar aquelas peninhas de aranha e dar o efeitão de cílios grandes. Olha só!

passo1

Zig-zag Horizontal – Um bom truque para deixar os cílios volumosos é deixar a base dele tem pigmentada. Posicione o aplicador bem na base dos cílios e suba em movimento zig-zag.

passo2

Vertical – Quem não quer os cílios bem alongados não é? Posicione o aplicador na base dos cílios e puxe-os para cima em movimento vertical. Vale optar por máscaras de alongamento que vem com o aplicador com cerdas curtas e espaçadas.

passo4

Piscando – Para quem não tem curvex, esse é um trucão! Que tal  aumentar a curvatura dos cíliops deixando o aplicador parado e piscando sobre ele? Só tenha cuidado para não borrar a pálpebra móvel e evite empurrar o aplicador contra os olhos.

passo5

Diagonal – Puxar os cílios em direção ao final da sua sobrancelha faz com que os seus olhos pareçam mais alongados e maiores. Vale lembrar que puxando o cantinho você consegue um olhar sedutor alongando e pigmentando os últimos cílios. É só passar a ponta do aplicador nos pelos do canto externo, puxando-os em direção às têmporas.

7. Demaquilar sem esfregar os olhos – esfregar muito para tirar a make, além de irritar a pele e os olhos, pode arrancar alguns pelos dos cílios deixando falhas. Geralmente eu tiro a make com demaquilante bifásico e depois lavo a região dos olhos com shampoo para criança da Johnson’s Baby.

Bem, esses são os meus truques. Se funcionar com vocês também conta pra gente no facebook, no instagram ou aqui mesmo nos comentários.

Beijos e queijos!

novas assinaturas-mari





turismo-2 category image
8 de dezembro de 2014

A expressão “pegar a estrada” é quase sempre associada ao sentimento de liberdade, aventura e a desbravar novos horizontes. Na prática, existem questões menos atrativas como longas horas dirigindo (no caso dos motoristas), necessidade de atenção redobrada se está em estradas que não conhece ou não tem costume de usar, além das questões mecânicas e custos, tipo o preço da ga$olina.

Eu já viajei de Maceió para Recife de estrada e recentemente viajei com amigas por Floripa e arredores, então vou dar minhas impressões de iniciante/carona em estradas e convidei um amigo experiente no assunto para colaborar nesse post. O Evandro adora dirigir, cresceu rodeado de parentes em oficinas mecânicas e a família inteira respira carros. Saiu de SP para morar numa cidade que faz divisa com PR, MS e SP e, como tem família e negócios em SP, está sempre na estrada. Vamos às dicas!

dica

1 – Monte uma playlist
Parece besteira mas vale lembrar que algumas horas num lugar fechado (carro) podem se tornar uma eternidade entediante. Trate de selecionar músicas animadas, que você – e outros passageiros, de preferência – goste ou que tenham a cara da estrada! O Spotify tem umas seleções pré-prontas que podem resolver, dependendo do seu gosto. Pra quem viajará com criança, o Evandro, que é pai, deu a dica de um aparelho de DVD portátil. Ele já está especialista em Galinha Pintadinha, Mickey Mouse, Peppa Pig, Dora Aventureira…

2 – Trace o percurso antes de sair
Nem toda estrada é super bem sinalizada, nem todo carro tem GPS e nem todo mundo é bom de seguir mapas físicos. Então nessas horas agradecemos a tecnologia que nos proporciona Google Maps e outros apps como o Waze, onde basta você colocar o endereço de destino que ele te mostra o trajeto, tempo estimado de duração e te orienta ao longo do caminho todo. MAS é bom lembrar que sinal de internet pode não existir em alguns pontos do trajeto então, por mais que esses apps funcionem sem internet você precisará dela inicialmente para enviar sua localização e a do destino. Então é simples: coloca lá o endereço e inicia o trajeto no app antes de sair, que não tem erro!

3 – Faça registros.
Ter uma máquina fotográfica sempre em mãos é uma dica que os dois dariam! Você nunca sabe o que vai encontrar e mesmo que saiba, sempre tem chance de ser surpreendido. Além disso a estrada te dá uma liberdade única, porque “você pode parar o carro onde quiser, em paisagens que talvez você nunca mais passe, presenciar um pôr do sol ou um luar inexplicável e único” by: Evandro.

paisagens

 4 – Siga as regras e seja prevenido!
O Evandro fez questão de ressaltar essa parte, que muita gente acha besteira, mas não dá pra ignorar: “Verificar pneus, palhetas do pára-brisa, óleo, água, extintor, estepe, chaves, faróis, lanternas, freio, e sempre levar um pouco de dinheiro em espécie, pra um pedágio, um pneu que fura, pois ainda existem lugares que não aceitam cartões e imprevistos acontecem.”. Além disso recomendou obedecer religiosamente as placas de cuidado com animais  e outras sinalizações, porque os valores das multas por infrações não estão baixos! Para concluir, a regra de ouro: NUNCA TENHA PRESSA.

 5 – Prepare o corpo!
Além da medida óbvia e esperável de não ingerir bebidas alcoólicas antes de pegar a estrada – alô, bom senso! – é importante lembrar de não comer nada muito pesado nem diferente do que você está acostumado. O Evandro recomendou cancelar aquela feijoada! Serão horas de viagem e você não quer passá-las com desconforto, né? Outra dica do Evandro é fazer paradas para descanso, se hidratar e ter sempre um condutor extra em caso de viagens muito longas. Dirigir com sono é perigosíssimo!

6 – Os vidros do carro

Viajar com um ventinho batendo no rosto é bom demais, né? Mas lembre de abrir todos os vidros do carro ou pelo menos um de cada lado para que o vento circule (entra e saia). Se ficar só um vidro aberto, é como se o carro estivesse sendo empurrado! Então ou é tudo aberto ou o ar condicionado ligado! Segundo o Evandro “não adiantar viajar com os vidros abertos pra não usar o ar condicionado por questão de economia, pois estudos apontaram que o consumo é o mesmo devido a pressão que o ar exerce sobre o carro.”

7 – Faça paradas e amigos

Se a viagem for muito longa, não tem jeito: você terá que fazer pequenas paradas, nem que seja para abastecer e usar o banheiro. Para tornar a experiência de suas viagens mais agradáveis, o Evandro costuma fazer amizades em postos de gasolina, segundo ele “As paradas em postos de combustíveis são na maioria das vezes muito interessantes: sempre saio com novas amizades, trocas de experiências, ou por menor que seja o contato com o outro, você ouve um “boa viagem, vá com Deus” sincero de um estranho.”

novas assinaturas-nana





diy category image
5 de dezembro de 2014

Hey phynos!

O coque é um dos penteados mais clássicos e elegantes. Com certeza já salvou muitas meninas em bad hair days ou quando precisam de um penteado super rápido.

Então o diy de hoje é super democrático, tanto serve para cabelos compridos como para cabelos mais curtos. Além de usar materiais fáceis que todo mundo tem em casa. Se eu consegui, todos conseguem! Vem ver!

materiais

Você vai precisar de uma meia, tesoura, dois elásticos de cabelo, grampos e um pente.

1

DIY DONUT

Passo 1: Recorte a ponta da meia, onde ficam os dedinhos!

Passo 2: Enrole a ponta cortada até chegar no final da meia formando um donut.

Super fácil, não?!

2

Agora para fazer o coque você vai precisar do donut, dois elasticos de cabelo e grampos.

Passo 1: Faça um rabo de cavalo alto e amarre bem firme.

Passo 2: Passe o donut pelo rabo de cavalo e o posicione da base do rabo.

Passo 3: Depois de posicionar o donut na base do rabo de cavalo, levante o comprimento do cabelo e solte em cima do donut. Puxando a mexa do cabelo dentro para fora cobrindo o donut. Após o donut todo coberto, segure embaixo dele como se fosse amarrar o cabelo e passe um elástico para prender deixando o resto do comprimento do cabelo solto.

Passo 4: Com o cabelo que ficou solto abaixo do donut, enrole ao redor do coque e prenda com o grampo.

chamada donut

 

É ou não é muito amor?!

Um dica que deixa ele ainda mais elegante é adaptar um colar ou uma pulseira redor do coque.

É isso meninas, espero que tenham gostando e se tiverem algum outro penteado que cabelo que queiram que a gente ensine é só deixar como sugestão aqui nos comentários, no facebook ou no instagram.

Ah! E quando fizerem, mostrem pra gente publicando a foto com a #chadasphynas

Beijos e queijos!

novas assinaturas-mari





Oi, gente! Tô aqui para dar uma dica inusitada no blog. Nunca fizemos nada relacionando à jardinagem mas esse, como a maioria de nossos tutoriais, surgiu de uma curiosidade/necessidade pessoal.

Eu ganhei um cactus no início do ano da blogueira Santa Cris. Ele veio em uma lata de alumínio revestida de tecido (bem lindo) mas com o tempo ele cresceu, a lata enferrujou e eu precisava replantá-lo em algum lugar maior. Passei a ler blogs e ver vídeos que explicassem como replantar um cactus, comprei o vaso novo e me veio a ideia: além de replantar o meu, plantar outros vários mini vasos para dar de presente.

cactus

O vídeo que usei como referência para replantar o meu cactus-mãe foi esse aqui e quem tiver precisando trocar o seu cactus para um vaso maior eu recomendo assistir: https://www.youtube.com/watch?v=hkSrZPHaqCo

1mãos

O primeiro passo para fazer o cactus “se multiplicar” é cortar algumas “perninhas” ou “bracinhos” ou como queiram chamar! Usei a dica do vídeo acima e revesti minha mão com três folhas de um papel vegetal, desses que vem dentro de caixa de sapato ou bolsas novas.

2corte

Com a mão revestida, fui puxando as perninhas que iria cortar e, com uma faca de cozinha bem afiada (porque não tenho material de jardinagem hahaha) fui cortando uma a uma rente à base. Após cortar a quantidade desejada, deixei-as descansar por dois dias, que é tempo recomendado para cicatrização do corte.

3cortados

Eu já vinha separando garrafas pequenas de refrigerante para fazer esse tutorial então foi só cortá-las, na marca inferior de onde ficava o rótulo, para obter meus vasinhos sustentáveis provisórios (sim, pois a medida que os cactus crescerem, necessitarão de um espaço maior). Para cortar garrafas pet eu prefiro o estilete mas dá para fazer com a tesoura.

4garrafas

A questão da terra é muito importante! Cactus precisam de terra, sim, mas essa terra precisa conter uma boa porcentagem de areia e pedras que ajudarão a planta a filtrar a água recebida, já que o excesso de água pode enxarcá-la e fazê-la apodrecer.

5terra

Após os dois dias recomendados, nos quais os pedaços cortados ficaram sem contato direto com o sol, em um ambiente reservado, notei que as feridas do corte haviam fechado, realmente. Hora de replantá-los, sem risco de serem atacados por fungos!

6arando

Coloquei um pouco de terra na base de todos os vasinhos e coloquei os pedaços de cactus centralizados sobre esssa terra. Com cuidado e com a ajuda de uma pazinha apropriada, fui despejando a terra misturada à areia, seixo e pedrinhas ao redor do cactus plantado. Repeti o processo em todos os vasinhos e pronto!

plantados

Uma recomendação importante é não jogar água nos vasinhos por, pelo menos 1 semana. Não é maldade! Cactus só precisam de água 1x por semana, mesmo, e quando são replantados devem passar mais tempo sem receber água, para dar tempo da cicatrização ser consolidada. Isso vale mais para o cactus-mãe, que já possui raízes, que podem ter sido danificadas no replantio e estarem vulneráveis.

chamada cactus

Espero que a dica seja útil a alguém e essa ideia de multiplicar vasinhos é bem legal para dar de presente. No meu caso, darei uma para cada aluno da minha turma. Mas super ficaria fofinho dar como lembrança de um evento ou festa intimista, colocar laços nos vasinhos e etc.

novas assinaturas-nana