Home Sobre o Blog Quem somos Contato Midia Kit Categorias


Vamos à segunda parte das dicas da leitora Moema Batista para quem quer começar a praticar corrida. Você não viu a primeira? É só clicar aqui, conferir e continuar lendo esse post! O post inicial foi sobre os primeiros passos e o de hoje será sobre itens necessários ou interessantes para quem pratica corrida.

ROUPA DE CORRIDA E ACESSÓRIOS

corrida2

O mundo da corrida cresceu muito nos últimos anos e temos hoje uma infinidade de roupas esportivas para todos os gostos. É melhor eu dizer então o que não são boas escolhas para uma corrida: Tecido de algodão. Algodão com o suor encharca, prefira sempre uma combinação de algodão e poliester, poliamida, elastano (bermuda da nike possuem poliamida e elastano dão uma excelente compressão) ou só o tecido “inteligente”, o dry fit. O dry fit foi desenvolvido para molhar e rapidamente secar, é extremamente leve e nao marca no corpo. Isso vale muito para os tops também das meninas que podem machucar nas axilas e mamilos.

Os meninos precisam também se preocupar com os mamilos. Tecidos ásperos tendem a incomodar, dificultam a eliminação de suor e machucam os mamilos e acredite a combinação de mamilo ferido, suor e água, é de muita dor. Meninas cuidado com os machucados entre coxas e embaixo dos seios. Tops bons são mais caros, mas valem a pena, são fáceis de lavar, duram e são macios.

Há uma febre de meninas correndo com um short que imita uma saia, acho lindo e super apoio, mas sempre pense se esse short vai estar no mesmo lugar durante a corrida. Segurar short durante a corrida é muito chato. Vi muitas pessoas usando calça de academia em Manaus. Parabéns para quem consegue correr com isso. O suor em Manaus tende a ficar em cima da pele, dificultando a pele secar por causa da umidade, qualquer coisa em cima da nossa pele empapa… Por isso eu voto na bermuda como essa ai em cima na figura.

Para os meninos também bermudas e shorts, mas evitem as bermudas surfistas de tactel, elas não dão boa mobilidade para a perna e ficam caindo.

Seja qual for a marca preferida, invista na sua roupa, muitas não aguentam a primeira lavagem. O barato que sai caro.

Prefira viseira a bonés, principalmente em Manaus. A viseira te permite jogar água na cabeça, é muito importante, isso diminui a temperatura do corpo e desacelera o batimento cardíaco.

Óculos escuros são ótimos aliados. Dias muito claros podem prejudicar a vista, quem corre na praia sabe que a claridade da areia reflete diretamente nos olhos. Para evitar a agressão aos olhos há no mercado produtos muito bons com lentes espelhadas (brega ?) tudo no esporte tem um porque e as lentes espelhadas fazem com que o reduza absorção dos raios solares. As lentes polarizadas é garantia de 100% de proteção contra UVA e UVB. Prefira óculos esportivos eles tem borrachas nos principais lugares, perto das orelhas, no nariz. Isso evita você ter que ajustá-lo na corrida, eles não caem.

Shimano, Speedo, Ozel, Oakley são marcas de óculos esportivos.

Há amigos meus que levam plaquetinha no punho com informações (nome, endereço, cel)  em caso de emergência, ex: desmaios.

O TÊNIS

corrida3

As marcas famosas continuam sendo a de bons tênis, mas cada uma desenvolveu seu tipo de amortecimento, design e função. O bom é sempre você analisar pelo tipo de prova que deseja correr. Uma corrida de asfalto exigirá um tênis diferente de uma de montanha.

Mas é bom seguir também o seu biotipo:

Pessoas altas e magras precisam de estabilidade e resistência, quanto mais magra uma pessoa mais rápida ela será por isso o tênis mais largo e leve seria o ideal.

Largo porque nas poucas vezes que ela toca o chão ela precisa ter equilíbrio e leve porque não fincaria ou “chaparia” o pé no chão demorando para tirá-lo e dimuindo a velocidade. Tênis com a frente larga e bom amortecimento.

Pessoas baixas e magras: Precisam de um tenis com estabilidade essas pessoas costumam ser mais velozes também, então um drop zero, o famoso minimalista pode ser uma escolha muito acertada. A sensação é que esse tênis não está no pé de tão leve e até flexível. Mas deve-se pensar também na distância que irá percorrer. Corridas longas o drop zero não é indicado para pessoas mais lentas.

Pessoas pesadas: para corredor com sobrepeso existem alguns modelos com amortecimento maior, eles são estáveis também e são resistentes, alguns amortecimentos estão divididos com tecnologias impressionantes: O amortecimento em gel (Asics) tem a facilidade de adaptação ao impacto. o amortecimento entressola (Puma, Saucony), facilita na resposta da pisada, deformando de acordo com o pé do atleta e repassando em forma de energia, amortecimento por onda (Mizuno, Reebok) que ao receber o impacto dissipa em ondas e não o absorve. Não existe o melhor amortecimento, todos possuem suas qualidades, mas pessoas grandes e ou pesadas sempre devem pensar que esse amortecimento deve aguentar o peso por mais tempo, então sempre pensar em resistência e isso implica num solado leve e maior.

Tem uma nova linha chamada: maximalista (não são tão flexíveis)… o oposto do minimalista, mas são tao leves quanto.

Dica: se comprar tênis em loja virtual (site) você pode calçá-lo e se não gostar devolvê-lo e trocar.

GADGETS PARA CORRIDA

corrida4

Um bom frequencímetro: principalmente… É necessário para você melhorar performance, aumentar ritmo, ter o controle do que você aguenta. Aprender a não hiperventilar na respiração. Cada pessoa tem faixas de frequência cardíaca numa corrida. O frequencímetro consiste um relógio e uma fita com um transmissor que fica próximo ao coração, quando acionado ele indica no relógio quantos batimentos por minuto. em geral a frequencia máxima é divida em faixas de 30, 40 , 50, 60 , 70 %… a partir de 70% é a que você vai gastar realmente calorias.

Um gps: quem começa na corrida pode monitorar por celular, uma braçadeira para colocar o celular ajuda muito, prefira as de tecido de neoprene (elas não machucam a pele). Existem vários aplicativos citados acima. Agora quem quiser investir mesmo e ter um gadget all in one… Pode comprar um gps com frequencímetro, os da Garmin, são os melhores. Tem as telas divididas e mostram a distância percorrida, a frequência cardíaca e o tempo.

Um Ipod: Uma playlist com músicas agitadas que te impulsionem a correr é ótima para manter o ritmo, mas corrida é concentração também, se algo acontecer e a música parar, é difícil você não se distrair e perder o ritmo. Cuidado com a queda também.

RITMO

Ritmo é o tempo que você realiza por km percorrido. Próximo a 9 minutos por km uma pessoa começa a trotar, sim igual cavalo, andar dando saltos. O limite disso é poder conversar tranquilamente. Esse ritmo é controlado por app de celular: Endomondo (faço controle de treinos), Runstatic, Runkeeper (programo, treinos intervalados), Strava (meu favorito).

E os GPS da garmin, suunto, polar, speedo, timex que vem em forma de relógio e com o frequencímetro cardíaco.

_____________________________________________________________________________________________

A gente espera que vocês estejam gostando das dicas. Quarta que vem tem o terceiro e último dessa série para iniciantes em corrida. Até lá!



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/post-2-corrida-itens-necessarios/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
1 comentário




Na última terça-feira (22 de julho) nós tivemos a honra de participar da concretização de um antigo sonho da Cecy: o lançamento da Oficina de Tendências Hair Studio Cecy, que é um conjunto de cursos livres com o objetivo de troca de conhecimentos entre os profissionais da área.

parte-1

Com 30 anos de experiência e conhecimentos acumulados, a Cecy já ansiava poder compartilhar sua bagagem com mais pessoas de uma forma mais descontraída e leve que o formato de academia. Dessa vontade, surgiu a idéia da Oficina de Tendências, que como primeiro tema o “Divas da Natureza” – completamente inspirado nas contemplações da beleza natural presente em terras amazônidas.

parte3
Para apresentar esta coleção, a Cecy modelou as formas ao vivo (confere o vídeo aqui!) em suas Divas e entre uma criação e outra, conversava descontraidamente com os presentes, num clima de reencontro entre amigos (que pra nós foi mesmo! – Alou André! Nossa melhor companhia para trocar idéias e risadas!), que é justamente a atmosfera constante no salão, não poderia ser diferente nesta noite especial!

parte2

Houve também a entrega de um singelo prêmio para um convidado especial: a capa de um dos primeiros VHS de vídeo aula do Fernando Alves, cabeleireiro português e pioneiro em nosso país no segmento de instrução para hairstyling (tem o vídeo aqui!). Ele ficou bem contente com o carinho merecido! No dia seguinte, 70 cabeleireiros convidados participaram de um workshop com o veterano, uma oportunidade única!

parte-4

Nós ficamos muito felizes de ver esse sonho tão importante se concretizando e desejamos muito sucesso e longa vida à Oficina de Tendências, pois só tem a contribuir ainda mais com a disseminação da criatividade e inovações nesta área em Manaus!

A ideia é continuar promovendo esses workshops para profissionais da área pois o projeto só começou! A Cecy já está fechando programação para até outubro do ano que vem, na edição 2015. Cada ano, uma coleção/tema direcionará os trabalhos. O “Divas da Amazônia”, esse primeiro, trouxe o foco nos cortes e formas. Se você é profissional da área de cabeleireiro e hair styling, entre em contato com o Hair Studio Cecy Procópio e saiba mais. Trocar experiências e reciclar ideias é sempre uma ótima pedida quando se trabalha com imagem e criatividade 😉

novas assinaturas-02



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/lancamento-da-oficina-de-tendencias-do-hair-studio-cecy-procopio/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




diy category image
25 de julho de 2014

Eu sou a louca das sapatilhas. Não existe nada mais prático para trabalhar, então acumulo alguns pares que, confesso, deixava entulhados no armário porque sou bem desorganizada. Tempos atrás vi na internet essa ideia e achei bem bacana mas não cheguei a tentar, até minha irmã (Taty) fazer e me incentivar a fazer também!

materiais

Voce vai precisar de:
– Garrafas pet 2l ou 2,5l (as de coca-cola sao melhores);
– Tesoura e
So isso mesmo, fácil demais, né?

Primeiro separe quantas garrafas garrafas por precisar, lave (claro, por favor) e retire os rótulos.

passo1

 

Corte um pouco acima do local onde ficava o rótulo. Nas pets de coca-cola esse local ja é  marcado. Você pode fazer um furo com a ponta da tesoura para marcar esse local e depois ir cortando. O processo é basicamente esse. Sem mistério.

passo2

Cortou todas? Agora é hora de colocar as sapatilhas (e rasteirinhas, sandalias de dedo, etc) em cada organizador. O ideal é colocar um lado do par de frente para o outro, para não sujar nenhum com a sola do outro. Para melhor encaixe, coloque um dos lados para cima e o outro virado para baixo.

passo3

Prontinho! Armário bagunçado nunca mais! Depois que fiz isso, sempre que chego em casa já guardo a sapatilha que estava usando no organizador correspondente. Então essa ideia – sustentável, por sinal – meio que me incentivou a manter tudo no lugar. Espero que funcione com vocês!

chamada sapatilhas

novas assinaturas-nana



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/diy-organizador-de-sapatilhas/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
2 comentários




Oiê, galerê phyna!
Esse mês teremos alguns posts escritos por convidados
 sobre conteúdos diversos. Serão dicas mesmo, como a gente faz aqui no blog, mas de forma pontual com cada colaborador(a) convidado(a) contando pra gente sobre sua experiência em determinada área. E pra começar traremos um assunto super saudável e fitness (nós aqui do Chá estamos nos esforçando pra ser mais saudáveis, viu!): corrida! Um esporte que muita gente gosta, mas não sabe por onde começar. 

Então, pra falar sobre esse esporte convidamos uma corredora leitora nossa (e prima da Nana, hihi) para escrever sobre a expriência dela nas corridas de rua. E ó: não será só um post, mas sim uma sequência de 3 posts super legais e informativos (ebaaaa!) sobre como iniciar na corrida, fiquem ligadinhos que esse é só o primeiro e por aí vem mais dicas, viu! 😉

Só pra lembrar que se você era somente da vibe ‘Levantamento de Garfo & Faca’ e tá começando nessa vida de esportes agora, não desanime na primeira vez que ficar cansado e não conseguir subir uma ladeira correndo. É um processo, gente, e o tempo é diferente pra cada um. Respeite o tempo do seu corpo, e não criemos pânico, que já já cês tão dando show nas ruas por aí 😛

Fonte: www.desedentarioamaratonista.com

Minha experiência na corrida – por Moema Monteiro

Olá, sou a Moema, tenho 28 anos e ano passado comecei a correr. Pesava 74kg quando decidi fazer algo para emagrecer e a corrida foi uma das atividades escolhidas, emagreci 16 kg. Comecei com muitas dificuldades nesse esporte que sempre tive vontade de praticar. Tenho problemas na cartilagem do joelho e, acredite, nada pior para um joelho do que o sedentarismo.
Desde setembro de 2013, vi e passei por várias experiências com a corrida, por isso me sinto capaz de dar alguns conselhos a quem está começando seus 5 km. Vamos lá?

 Saúde

Uma das primeiras atitudes é o check-up. Sabe aquele atestado do médico que você dava na escola para as atividades físicas? Aqui ele tem que valer mesmo, está em jogo sua saúde e principalmente sua vida de corredor(a).

Corrida é um esporte que cansa e esgota o organismo. Ela modifica rapidamente ossos, articulações, pele, músculos, coração etc. Por isso se prepare, vá a um clínico geral peça os exames de rotina, eles facilmente vão detectar (se existir) problemas hormonais, anemia etc. Isso economizará tempo e frustrações.
Um ortopedista também é sempre muito bom. Mulheres tendem a ter problemas com as articulações da perna, tanto pelo tipo de sapato que usam, quanto pela própria anatomia.

Fonte: LifeRun.com.br

Fonte: LifeRun.com.br

Meninas, ginecologista sempre! Cuidar dessa TPM, desse ciclo menstrual, fazer exames de rotina.  Cardiologista também! Já vi muito atleta jovem amador com problemas cardíacos que não tinham a menor ideia que existiam, por ex. o sopro.
Muitas vezes fica o alerta e algumas medidas podem salvar sua vida e conservá-la.

Nutricionista é sempre o profissional que vai te orientar a fazer boas escolhas. A partir de agora tudo o que você comer fará a diferença nos seus treinos. Esse, na verdade, é o primeiro passo, o verdadeiro primeiro passo. Acredite: não fazê-lo é desestimulante! Dieta que não funciona, fôlego que não vem, dores que aparecem…

 Treinamento

Corredor é um atleta curioso, ele sempre quer saber como melhorar a performance. Quem nunca comprou uma revista de corrida? Quem nunca tentou fazer uma tabela de treino de revista? Uma coisa que deve-se ficar atento é que as tabelas de revistas são com base em uma maioria saudável com peso normal. Existem várias assessorias esportivas no mercado, inclusive online. Não duvide de uma assessoria online ela pode fazer muito por você. Mas nada substitui um primeiro contato com um treinador pessoalmente.

Postura, isso é algo que a assessoria online não vai poder te corrigir, eu já corri com treinador ao meu lado nos primeiros meses. Cada detalhe é importante. Sempre mantenha a coluna reta, o olhar deve ser pra frente e não para o pé. A mão nunca deve cruzar o corpo, a mão fica paralela ao corpo vai até a altura do peito e chega até próximo a cintura. O ombro sempre alinhado, nunca curvado para frente, mas ao mesmo tempo relaxado. Postura errada é como você acabar com um design de um carro esporte, acaba criando resistência com o vento e gastando energia à toa!

Fonte: Revista O2 Por Minuto Ativo

Aprendizado

Durante meu tempo de aprendizado de corrida descobri que existem vários métodos, e a maior parte deles começam com o atleta correndo e caminhando. Depois as caminhadas diminuem e o atleta atinge a distância que se propunha.

Ou seja, comece com caminhadas! Faça 2 semanas de caminhada de 30 minutos e depois aumente para 1 hora. Fortaleça os músculos da coxa: agachamentos são muito bons para corredores. 3 vezes na semana de treino está ótimo.

Comece um treino de 30 minutos, 1 minuto de corrida, 2 minutos de caminhada. Veja qual distância no final é atingida nesses 30 minutos. Na outra semana tente inverter fazendo 2 minutos correndo e 1 minuto caminhando.
Outra opção é por distância: 100 m de corrida, 200 m caminhando até completar 5km. Inverta na outra semana 200m correndo e 100m de corrida até os 5km, novamente.

Isso cria resistência, a cada semana aumente a distância e ou o tempo de corrida, até correr os 5km. Esse é o “start”, correr é muito mais que colocar um tênis e sair, treinos devem ser prescritos por profissionais habilitados. Vejo minha trajetória até minha meia maratona e hoje corro 15, 16, 18 km em um final de semana sem nenhuma dor, mas lembro que nenhum treino meu foi feito sem orientação.

Depois que o atleta corre 5km sem caminhadas, é hora de se pensar em velocidade, nada exagerado. Quando se cansa muito rápido a corrida fica chata e a frustração é grande. Corrida tem que ser superação de distâncias com um bom fôlego, acima de tudo.
Existem treinos chamados de intervalados, são treinos que possuem tempo de execução ou distância e há momentos de descanso. É igual o correr-e-caminhar citado antes.

Em finais de semana pode correr 30-40 minutos de forma livre, sem se preocupar com distância, apenas com o tempo; esse ritmo deve ser confortável, ou seja, leve a moderado com 75-85% do frequência cardíaca. Assim são feitas as planilhas de treinos das revistas.
Ah, e alongue sempre depois, panturrilha, coxas… Os músculos de trás da coxa e os internos, os braços também são importantes. E, se puder, faça academia, pesos são importantes para tonificar os músculos, o impacto no asfalto é muito grande, esteja preparado(a).

 Hidratação

O nosso organismo precisa de água e isso é definido por cada um e também pela temperatura. Em dias mais frios as pessoas até esquecem de tomar água, e isso é um erro. Cerca de 150 ml de água a cada 20 minutos são muito bem vindos. Em dias quentes a água aliada a um isotônico depois de 1 hora ou até menos (tipo calor Manaus) é necessário.
Isotônicos repõem hidratos e absorvem mais rápido no organismo. Eu escondia várias garrafas pela rua durante a corrida, mas existem lindos kits de hidratação no mercado, cintos com garrafas e mochila. Em caso de não ter isotônicos, uma água de coco também pode fazer a diferença.

Mas o excesso de água também pode ser um problema, pois pode acelerar eliminação de sódio com o suor, alguns corredores de longa distância comem um sachê de sal para evitar isso. Acredite: mesmo em 5 km eu já precisei de isotônico.

Fonte: Site Tecnologia do Tênis

Fonte: Site Tecnologia do Tênis

Essas são as primeiras dicas da Moema e do Chá. A gente espera que vocês tenham gostado e, aguardem, que vem mais por aí 😉



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/post-corrida-1/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
6 comentários




Boa tarde gente phyna!

Vi uma receitinha saudável nos ‘Instagrans’ da vida e revolvi testar pois me parecia mui simples. Acabei adaptando ao que tinha em casa e deu numa variação da receita, que deu super certo! Eu adorei e vou repetir várias vezes com certeza, hehe 😛

Vamos ao passo a passo do meu novo amorzinho gastronômico: franguinho de forno empanado com aveia <3

Ingredientes necessários:
-Peito de frango
-Aveia (eu usei flocos finos, mas acho que com farelo de aveia funciona também)
-Ovo
-Tempero (usei sal e ervas phynas)
-Batata(s) portuguesa ou batata doce (opcional)

As quantidades são bem variáveis, mas nessa receita eu usei 4 (pedaços) peitos de frango, uma batata grande, e um ovo; então por mais que aumentem a quantidade é mais ou menos essa a proporção.

Não fotografei todos os passo (desculpinha mesmo gente!) porque não sabia que ia dar certo e também porque tava uma zumbi de tanto sono e acabei esquecendo mesmo, mas tenho certeza que vcs vão me perdoar e imaginar os passos he he he.

Entonces! Primeiro bati o ovo com sal e ervas finas (phynas pros íntimos). Ó, caso você não saiba o que é esse mix de ervas finas que eu sempre uso, dá uma olhada nesse link aqui.

Depois coloquei o peito de frango no ovo batido (bati com o garfo rapidinho como se fosse fazer omelete mesmo) e deixei ele por um tempinho lá marinando (deixei por uns 7 min, e de vez em quando virava).

Enquanto isso fui descascar uma batata grande pra assar junto por motivos de: amo batata, batata é viva, não vivo sem batata hahaha. Eu usei batata portuguesa, mas também uso muito -e amo igualmente- batata doce (alô carboidrato de baixo índice glicêmico!).

 foto 3

Daí coloquei aveia (+- um copo) em um prato, tirei o frango do ovo e passei na aveia, dos dois lados empanando. Coloquei o frango já empanado com aveia numa forma coberta com papel alumínio (pra evitar que grude pois não untei nem usei óleo). Inclui a batata cortada em rodelas grossas e salpiquei um tico de ervas phynas em cima delas também.

Coloque no forno (coloquei 10 min com papel alumínio fechado e depois abri) por aproximadamente 20 min a 200°C. O meu demorou uns 30 min porquê o frango tava um pouco congelado ainda.

Depois disso é só correr pro abraço! Tire do forno, coloque no prato e mande brasa ^.^

resultado frango

Dica phyna: Dá pra fazer um molho pra acompanhar. Eu pessoalmente adoro mostarda, e tenho uma dica de molhinho super fácil de fazer: mostarda + creme de leite + curry. Fica show! 

Fica com uma crostinha crocante deliciosa, e bem fofinho por dentro. Tentem fazer e nos contem! Beijinhos!

novas assinaturas - nath-04



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/frango-empanado-com-aveia/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
2 comentários




diy category image
11 de julho de 2014

Olá pessoas phynas!

Passando esse mês intenso só voltado para os jogos da Copa, finalmente temos visto as festinhas juninas/julinas aparecerem! E o diy de hoje foi inspirado nesse clima de arraiais: tiara de chapéu de palha 😀

Materiais necessários:

materiais
– chapéu pequeno de palha;
– renda;
– fitilho;
– cola quente;
– tiara/travessa.
passo1

O primeiro passo é cortar a renda em tamanho bem maior que o diâmetro do chapéu para poder fazer as ondulações/franzidinhos na borda (se sobrar renda, é só cortar, não tem problema).

Ponha um pingo de cola quente para começar a aplicar a renda – se usar um palitinho é melhor, para não queimar os dedos. Já cole a renda dobrada para dar esse efeito mais volumoso da borda; prossiga assim até terminar de cobrir todo o diâmetro do chapéu.

Finalizada essa etapa, ponha o fitilho no chapéu (eu esqueci e fiz isso por último, deu mais trabalho haha) e depois aplique dois pingos de cola quente na parte interna do chapéu para colar a tiara, feito isso é só esperar secar 😉

passo2
E está pronto o acessório para sua festa junina! Dá pra utilizar como acessório ou fazer decoração na festa, você escolhe :)

novas assinaturas-02



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/tiara-para-festa-junina/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!




Hey phynos! Hoje tem pastel de queijo delicinha Na cozinha com o Chá! Wee!

Essa receita é muito fácil, rápida e não tem mistério nenhum! Ótima para servir como petisco para os amigos no jogo de amanhã não é? #prafrentebrasil

Vem ver como fazer esse pastel dos deuses em 3 passos! Você vai precisar de:

materiais

– Massa de pastel pronta (vende em supermercado, esse que comprei custou R$4,00 500g);
– Queijo mussarela;
– Orégano;
– Óleo para fritar;

Corte o queijo em cubinhos e misture com o orégano e reserve. Abra a massa do pastel e corte do tamanho que desejar. Não deixe muito grande para que sobre espaço na frigideira. Divida a massa ao meio e recheie bem no centro. Não deixe cair nas bordas, nem recheie muito para que não estoure na hora da fritar.

passo1

Com um garfo umedecido em água gelada, aperte as bordas para fechar o pastel.

passo2

Em uma frigideira funda, coloque o óleo para esquentar. A dica para saber que o óleo está bem quente é deixar um palito de fósforo mergulhado no óleo, quando ele acender é porque o óleo está na temperatura ideal.

Mergulhe um pastel de cada vez e vire para que os dois lados fiquem bem fritinhos. Retire e ponha para escorrer em um prato com papel toalha ou guardanapos, que irão absorver o excesso de óleo.

passo 3

A dica pro pastel ficar bem sequinho é ter bastante óleo na frigideira para que ele fique submerso. Quanto mais óleo na hora de fritar mais sequinha e crocrante a massa fica após a fritura.

E voilá! Está pronto seu pastel de queijo em 3 passos! O melhor é o cheirinho que o orégano deixa no ar!

chamada pastel

Espero que tenham gostado, a Mai e a Nâna super aprovaram! Façam e marquem #nacozinhacomocha pra gente ver!

Beijos e queijos!

novas assinaturas-mari



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://chadasphynas.com/na-cozinha-com-o-cha-pasteizinhos-de-queijo/) [
function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/chada431/public_html/wp-content/themes/tema/functions.php on line 99
comente!